Sindijori - MG 16 de Maio

Escolas de Muriaé aderem à paralisação

            Escolas públicas da rede estadual de educação amanheceram ontem de portas fechadas em Muriaé em atendimento à convocação do Sindicato Único dos Trabalhadores em Educação de Minas Gerais (Sind-UTE/MG) para a paralisação geral da educação da rede estadual, em posicionamento contra o parcelamento e agora também o adiamento do pagamento de salários dos servidores estaduais. A paralisação e a manifestação são respostas da categoria diante do injustificável atraso do pagamento anunciado pelo governador Fernando Pimentel de alterar a data do recebimento da primeira parcela do pagamento do salário, que estava prevista para o dia 16 de maio. (Gazeta de Muriaé)

 

Indústria do aço prevê retomada

            De acordo com o Instituto Aço Brasil, o consumo aparente de aço deve subir 6,9% em 2018

Depois de três anos de queda do consumo aparente no mercado de aço, que ultrapassa 30% nesse período, o ano passado já apresentou uma recuperação, mesmo tímida. A informação é do gerente de Economia do Instituto Aço Brasil, Marcelo Ávila, para quem o ritmo de recuperação nas vendas deve se manter ao longo desses anos, após um aumento do consumo aparente em 5,3%, atualmente. (Diário do Aço - Ipatinga)

 

Salário de admissão não chega a 2 mínimos

            Juiz de Fora apresentou uma pequena recuperação na geração de empregos no primeiro trimestre deste ano, quando foram criados 422 postos de trabalho, saldo entre as admissões e demissões feitas no período. No entanto, o salário médio pago aos trabalhadores recém-contratados revela fragilidade no caminho para a retomada do crescimento da economia local. Em todos os setores econômicos, o valor não chega a dois salários mínimos. As informações foram obtidas pela Tribuna a partir do cruzamento de dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) e das Informações para o Sistema Público de Emprego e Renda (Insper) divulgados pelo Ministério do Trabalho e Emprego (MTE). (Tribuna de Minas - Juiz de Fora)

 

Varginha terá mestrado em Contábeis

            Profissionais das áreas ligadas aos negócios, que quiserem ampliar seus conhecimentos, poderão participar do curso de mestrado em Ciências Contábeis que o Ipecont vai oferecer em Varginha. O curso será presencial ministrado pela Fucape, Fundação Instituto Capixaba de Pesquisas em Contabilidade, Economia e Finanças, uma das poucas instituições de ensino superior do Brasil que possuem nota 5 na avaliação do MEC. O programa de mestrado em Ciências Contábeis foi  reconhecido pela CAPES, - Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, entidade ligada ao MEC, único com nota máxima da área. (Gazeta de Varginha) 

 

Programa mostra talentos de SL

            A primeira etapa do programa "Pelos 7 Cantos , realizada no palco do Parque Náutico da Boa Vista no último sábado, 12, em Sete Lagoas, mostrou alguns dos atuais talentos do cenário artístico da cidade. O evento promovido pela Prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Cultura e Juventude, reuniu 15 concorrentes em apresentações de dança e canto aplaudidas pelo público presente. Ao final da etapa, cinco artistas se classificaram para a final, que será em novembro, mês de aniversário da cidade. (Sete Dias - Sete Lagoas)

 

Prefeitura nega paralisação de obras

            A Prefeitura de Divinópolis negou que as obras do Pró-Transporte irão paralisar. Em nota, o Poder Executivo informou que não havia nenhuma irregularidade e que o programa estava sendo executado normalmente na cidade, contradizendo o que o vereador Josafá Anderson (PPS) havia afirmado durante o seu discurso na reunião ordinária da última quinta-feira, 10. De acordo com o vereador, a empresa responsável pela execução do serviço estaria prestes a abandonar as obras por falta de repasses. Josafá afirmou ainda que a Caixa Econômica Federal não enviava os recursos do programa há quase um ano. (Portal Agora - Divinópolis)

 

Desrespeito à lei prejudica agricultor

            Pequenos agricultores de Montes Claros denunciam prejuízos. Segundo eles, a lei que estipula a compra de 30% da produção familiar para a merenda escolar não é cumprida pela prefeitura. A determinação consta do Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE), que tem contrapartida do governo federal. Até 2016, o município adquiria mais de 50% da produção. No ano passado, a prefeitura não fez o chamamento público que daria aos cerca de 370 produtores o direito de vender seus produtos. Sem a comercialização, os agricultores ficaram prejudicados. A alegação da prefeitura, de acordo com os produtores, é de que não teria recurso para adquirir a produção. (O Norte de Minas - Montes Claros)

 

Mortes por Influenza deixam Saúde em alerta

            Confirmação de óbitos por Influenza no Triângulo Mineiro acende sinal de alerta na Secretaria Municipal de Saúde em Uberaba. Secretaria Estadual de Saúde (SES-MG) divulgou no início da semana mais um informe epidemiológico relacionado à Influenza, com casos confirmados em Araguari, Uberlândia e Ituiutaba. Uberaba não consta na lista, mas é preciso se atentar aos métodos de prevenção, como a vacina contra a gripe. De acordo com o diretor de Vigilância Epidemiológica, Robert Boaventura, Uberaba está em uma posição geográfica que gera preocupação. Diante dos casos registrados na região, a equipe da Secretaria Municipal de Saúde está monitorando os hospitais e, quando surgem casos suspeitos, é feita a intervenção, e o medicamento está disponível. Robert destaca que ainda não há confirmação de nem um caso em Uberaba, apenas notificação, o material foi coletado para análise e enviado ao Estado. (Jornal da Manhã - Uberaba)

© 2009-2018. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.