Linguagem e Expressão Corporal

A comunicação verbal é apenas uma das formas encontradas pelos seres humanos para se relacionar e se comunicar. As mensagens acontecem de várias formas, por meio de gestos, toques e pela postura adotada por cada pessoa.

 

Assim se manifesta a linguagem corporal, tão importante quanto o uso das palavras, masque muitas vezes destoa entre as palavras empregadas e as expressões gestuais adotadas.

É importante interpretar as diferentes linguagens, para compreender o comportamento dos outros e se comportar de maneira mais clara e objetiva

.

Seja no ambiente corporativo ou na vida particular, as pessoas devem considerar os sinais corporais para o aperfeiçoamento das relações e do desenvolvimento pessoal. Esse aspecto sofre influência de fatores culturais, sociais e psicológicos, por isso o ambiente onde o indivíduo está inserido determina a forma como ele se comunica.

Gestos e expressões não verbais são interpretados de maneiras diversas em um país, região ou até mesmo em uma empresa. O estado mental também é analisado por meio dos movimentos corporais, que podem revelar tensão, nervosismo, relaxamento, entre outros.

Para interpretar bem os estímulos que emitimos e recebemos, é necessário prestar atenção nas expressões faciais, movimentos de braços, pernas, mãos, cabeça e tórax. O tom de voz, o volume e a velocidade da fala também comunicam, assim como a aparência diz muito sobre quem somos e como nos sentimos.

É importante que as pessoas tenham consciência dos sinais emitem, para saberem o tipo de informação que desejam partilhar. Para isso, também é preciso identificar qual postura é a mais ideal para cada situação.

Estudos sobre a expressão corporal estão sendo intensificados nos últimos anos por profissionais das áreas de psicologia e sociologia, para identificar os sentimentos e expressões não comunicados por palavras.

A expressão corporal é percebida antes da linguagem verbal, sendo uma importante forma de comunicação das pessoas. Existem estudos que apontam várias relações entre a expressão corporal e as influências na percepção dos outros sobre nós. Quando você vai falar em público, a expressão corporal é um dos fatores mais relevantes. Por este fato, seus gestos e expressões faciais devem ser observados e trabalhados para transmitirem a mensagem certa durante a apresentação.

Os gestos devem expressar naturalidade. Devem estar em consonância com a fala. Leves e harmônicos, devem ajudar no entendimento do conteúdo, reforçando ideias e prendendo a atenção positivamente dos ouvintes. Utilize seus braços e mãos para reforçar o conteúdo; mas lembre-se de deixá-los na linha da cintura, nunca à frente do rosto.

Cuide com os movimentos de pernas e pés, pois esses também precisam harmonizar com a fala e estar adequados ao espaço disponível. Uma movimentação pouco coordenada transmite nervosismo ou impaciência.Atenção aos movimentos repetitivos, pois provocam cansaço e desviam a atenção da mensagem principal.

© 2009-2019. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.