Só Deus basta!

Ômar Souki

Despertei hoje com esta frase soando em meu coração: “Só Deus basta!”. A cada pulsação, eu escutava: “Só Deus basta!”. Agora são 9h11 e a frase persiste. Estou impregnado por ela: “Só Deus basta!”. O que levou Santa Teresa D´Ávila a afirmar categoricamente: “Só Deus basta!”? Essa expressão faz parte de um de seus poemas. Entrei no Google para me “lembrar” de todo o conteúdo daquele texto:

 

Nada lhe perturbe, nada lhe espante,
Tudo passa, Deus não muda,
A paciência tudo alcança;
Quem a Deus tem, nada lhe falta:
Só Deus basta.

“Eleve o pensamento, ao Céu suba,
Por nada se angustie, nada lhe perturbe.
A Jesus Cristo siga, com grande entrega,
E, venha o que vier, nada lhe espante.
Você vê a glória do mundo? É glória vã;
Nada tem de estável, tudo passa.

“Deseje às coisas celestes, que sempre duram;
Fiel e rico em promessas, Deus não muda.
Ame-o como Ele merece, bondade imensa;
Quem a Deus tem, mesmo que passe por momentos difíceis;
Sendo Deus o seu tesouro, nada lhe falta.
Só Deusbasta!”

 

Em cada frase do poema, um tesouro: “Nada lhe perturbe, nada lhe espante, tudo passa”. Não poderia haver conselho mais atual que esse. Por quê? Por que andamos atordoados. Estamos à mercê de enxames de pensamentos negativos. Adormecemos ao “embalo” de terríveis notícias, que determinam o que iremos pensar no dia seguinte. Um amigo me disse que vai dormir às 10h00 da noite e acorda às 02h00 da madrugada e não consegue dormir mais. Os pensamentos, as preocupações, as ansiedades e as inseguranças não permitem que ele consiga reconciliar o sono. Pela manhã já se levanta cansado.

 

“Deus não muda, a paciência tudo alcança, quem a Deus tem, nada lhe falta”. Eu deveria ter dito isso ao meu amigo. Quem tem Deus tudo alcança. Então, porque não dormir à noite preocupado com o que vai acontecer no dia seguinte? Você me responde: “Falar é fácil, difícil é fazer. Eu acredito em Deus, mas como não se preocupar?”.  Jesus responde: “A cada dia bastam os seus cuidados”. Mas como fazer isso? Como viver no Presente?
“Eleve o pensamento, ao Céu suba, por nada se angustie, nada lhe perturbe. A Jesus Cristo siga, com grande entrega, e, venha o que vier, nada lhe espante”.  Você insiste: “Eu creio em Jesus Cristo, mas tenho família e filhos para alimentar”.

 

“Você vê a glória do mundo? É glória vã. Nada tem de estável, tudo passa. Deseje às coisas celestes, que sempre duram. Fiel e rico em promessas, Deus não muda”. O tempo passa, amigos se tornam indiferentes, os filhos partem para longe, mas Deus permanece. Teresa D´Ávila tinha profunda intimidade com o Pai, e já em sua época (nasceu em 28 de março de 1515 na Espanha) via que as pessoas andavam distraídas e preocupadas com os afazeres cotidianos como vivem hoje. E ela, em sua doce sabedoria aconselhava: “Ame a Deus como Ele merece, pois Ele é bondade imensa. Quem a Deus tem, mesmo que passe por momentos difíceis, sendo Deus o seu tesouro, nada lhe falta”.
<!--[if !supportLineBreakNewLine]-->
<!--[endif]-->

Até aqui sabemos, pelo menos teoricamente, que só Deus basta! E na prática, no dia-a-dia, será que só Deus basta mesmo? Sim! Foi Deus quem nos criou e, mesmo que tenhamos a ilusão de que somos nós que fazemos e desfazemos as coisas, tudo está sob o Seu Divino controle. Meu amigo que se preocupa tanto, mesmo desanimado, conseguiu se levantar. Como? Pela Presença de Deus em sua vida. Sem Deus nada somos, nada podemos. E o que não faz parte do plano divino, mais cedo ou mais tarde, vai desaparecer. Viva a vida com a consciência plena de que não é você quem vive, mas sim, Ele que vive em você. Uma das frases mais intrigantes das Sagradas Escrituras é a seguinte: “Àquele que muito tem, muito lhe será dado e terá em abundância. Mas, àquele que nada tem; o pouco que tem lhe será tirado”. Muito tem o que? Gratidão a Deus. Nada tem o que? Gratidão a Deus. Então, àqueles que são muito gratos a Deus por esta experiência chamada vida, muito lhes será dado e terão em abundância. Mas, aos que nenhuma gratidão têm (os ingratos), o pouco que têm, lhes será tirado. Agradeça todos os dias pela Presença de Deus em você e à sua volta e, seguramente, chegará à mesma conclusão que chegou Teresa D´Ávila: “Só Deus basta!”.

 

 

 

© 2009-2019. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.