Documento digital terá CPF e título de eleitor

DNI estará disponível a partir de julho

O Governo Federal lançou ontem (6) o projeto-piloto para implantação do Documento Nacional de Identificação (DNI). A ideia é inserir, em um único documento digital, o CPF e o Título de Eleitor. Os testes estão sendo realizados em cerca de dois mil servidores do Ministério do Planejamento e do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). A expectativa do Governo é disponibilizar o serviço para a população em julho.

O projeto de lei determinando a criação do DNI foi sancionado em maio do ano passado e prevê a unificação dos dados em um único documento, válido em todo território nacional.

DNI

Com a implantação do serviço, quando for necessária a apresentação do documento, o cidadão poderá optar por mostrá-lo através do celular. Dessa forma, fica dispensável o uso de documentos em papel, como: CPF, certidão de nascimento, casamento ou título de eleitor.

Caso o usuário não tenha celular ou opte por continuar com o documento em papel, poderá solicitar o acréscimo do número do DNI na carteira de identidade.

O registro será feito através de um aplicativo gratuito, disponível tanto para Android quanto para iOS. Para utilizá-lo, será necessário ser cadastrado no sistema biométrico da Justiça Eleitoral.

De acordo com o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), o aplicativo poderá ser baixado apenas uma vez por cada cidadão, e em um só aparelho, como garantia de segurança aos dados.

A expectativa para o futuro é conseguir unificar no DNI outros documentos, como a Carteira Nacional de Habilitação (CNH).

SOLICITAÇÃO

Quando liberado para o cidadão, a solicitação do DNI será feita da seguinte forma:

- O aplicativo deverá ser baixado e um pré-cadastro deverá ser feito solicitando o documento digital. O usuário precisará estar cadastrado no sistema biométrico na Justiça Eleitoral

- Ir a um dos pontos de atendimento mais próximo, mostrados pelo aplicativo, para validar os dados biométricos com as digitais do solicitante. Após a confirmação, será possível emitir o DNI, e o mesmo aparecerá no aparelho com o aplicativo.

© 2009-2018. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.