terça-feira, 12 de Fevereiro de 2019 13:04h Portal G37

Diretoria do Sintram convoca servidores para "Ato de Protesto" contra atraso do 13º salário.

Sintemmd confirma convocação da Educação para a manifestação.

A diretoria do Sintram está percorrendo os locais de trabalho da categoria
para convocar os servidores municipais para o "Ato de Protesto" que será
realizado amanhã (13), a partir das 12h, na Porta do Centro Administrativo
da Prefeitura de Divinópolis (Av. Paraná, 2777 - Jardim Belvedere II). O
objetivo é cobrar o pagamento do 13º salário e o enxugamento da máquina
pública.

A presidente do Sintram, Luciana Santos, frisou a importância do
funcionalismo atender o chamado do sindicato. "Foi um decisão retirada em
assembleia e esperamos que toda categoria abrace esse chamado para
mostrarmos nossa indignação com esses atrasos e o desrespeito da
administração que não está nem um pouco preocupada com o enxugamento da
máquina. O servidor está pagando juros, fora que muitos fazem compromissos
com o 13º salário para quitar as dívidas de início de ano e a Prefeitura não
nos dá nenhuma certeza sobre esse pagamento. Precisamos da união de todos,
para mostrar que estamos cansados de medidas politiqueiras. Se não tem
dinheiro , então passou da hora de enxugar a máquina pública, cortar
comissionados, unificar secretarias, de haver um planejamento diante dessa
crise, do jeito que está não pode ficar", disse.

EDUCAÇÃO

Em informativo distribuído nesta segunda-feira (11) o Sindicato dos
Trabalhadores da Educação - Sintemmd afirmou que a Educação estará presente
no Ato Público fortalecendo a luta para pagamento do 13º salário. "No
intuito de fortalecer a luta para a quitação do 13º salário, acompanharemos
as decisões da Assembleia do SINTRAM realizada no dia 07 de fevereiro de
2019, participando de um ATO DE PROTESTO no próximo dia 13, quarta-feira às
12 horas, em frente ao Centro Administrativo da Prefeitura de Divinópolis",
traz o informe do sindicato. "Esse apoio dos educadores é fundamental,
esperamos um grande Ato Público para mostrarmos a força do trabalhador
municipal, que exige o que lhe é de direito: o pagamento em dia", finalizou
a presidente Luciana.

 

© 2009-2019. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.