quinta-feira, 20 de Abril de 2017 18:02h AACO

Campanha visa aumentar arrecadação de entidades beneficentes de Divinópolis

AACO e SINCONDIV lançam campanha de sensibilização sobre o FIA – Fundo para Infância e Adolescência, em um encontro com entidades classistas, entidades filantrópicas e a imprensa.

O encontro foi realizado na sede do Sindicato dos Contabilistas e reuniu representantes do Sincondiv, CDL, Acid e Sincomércio, Promotoria de Justiça da Infância e Juventude, Conselho de Defesa da Infância e Juventude, do Geec, Samarita, Associação Missão Maria de Nazaré, APAE, dentre outras.

No encontro, a presidente do Conselho em Defesa da Infância e do Adolescente de Divinópolis, Michele Teixeira, informou que nos últimos quatro anos, o repasse do FIA caiu mais de 50%. Para ela, essa queda é reflexo do desconhecimento das empresas e das pessoas físicas sobre o fundo.

A coordenadora de recursos humanos e convênios do Instituto Helena Antipoff e APAEE, Soraya Marques, conta que a quadra da entidade foi construída graça a recursos do FIA. “Isso foi há 10 anos, quando foi instituído o FIA. De lá para cá, a arrecadação vem diminuído, pois são as mesmas empresas que contribuem e o número de entidades aumentou. Antes o FIA correspondia a 30% da verba arrecadada pela APAE, hoje é somente 5%”, analisou.

A campanha visa aumentar o percentual de repasse do imposto de renda que poderá ser transferido pelo contribuinte para o FIA, em especial para o Conselho da Criança de Divinópolis, para ajudar financeiramente entidades filantrópicas da cidade.

O repasse da FIA não onera o contribuinte, o percentual é deduzido do valor que a pessoa física ou jurídica deverá pagar ao imposto de renda. O contribuinte somente irá decidir onde será aplicada parte do seu imposto e quem será beneficiado, ou seja, trata-se de uma relocação de impostos a recolher.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.