sexta-feira, 19 de Maio de 2017 09:02h Nayara Leite

Feira Nacional do Empreendedorismo acontece no sábado

Projetos serão expostos por alunos do Cebrac

Acontece neste sábado (20) a etapa local da Feira Nacional do Empreendedorismo (FNE). Serão expostos vinte e quatro projetos desenvolvidos pelos alunos do Centro Brasileiro de Cursos (Cebrac).

O evento será realizado de 8 às 13h30, no quarteirão fechado da Rua São Paulo, em frente à Câmara Municipal, aberto a toda população.

Serão montados stands com toda a estrutura necessária para que os alunos possam expor seus projetos. O diretor do Cebrac, unidade Divinópolis, Cristiano Carvalho, explica que a maioria dos projetos são voltados para o empreendedorismo. “Aproximadamente 60% dos projetos são ideias empreendedoras. São novidades ou melhorias e aprimoramentos. Teremos muitas surpresas.”

Os três projetos mais bem pontuados serão premiados e o melhor colocado será encaminhado para a etapa nacional em Londrina, no Paraná, em 2018. “A FNE é constituída de duas etapas, a local e a nacional. O melhor projeto de cada cidade compete em Londrina, para escolher o vencedor nacional", ressalta Cristiano.

São projetos que colocam em prática o que os alunos aprendem em sala de aula sobre empreendedorismo, ecologia e reciclagem, destaca o diretor. “Os alunos desenvolvem as ideias em parcerias com empresas e têm todo o suporte do Cebrac para que isso aconteça".

CURSOS

Os cursos realizados no Cebrac são na área administrativa. Hoje, em Divinópolis, são oferecidas três modalidades: assistente administrativo completo, inglês e farmácia. “Ensinamos aos alunos a montar uma empresa, criar um negócio e aqui eles têm a oportunidade de errar, corrigir e aprimorar cada vez mais os projetos", detalhou Cristiano.

Cristiano enfatizou ainda a importância do empreendedorismo em um mercado cada vez mais competitivo, segundo o diretor, os alunos se esforçam, podem receber premiações nacionais e melhorar a vida da sociedade.

EDIÇÕES ANTERIORES

Em edições anteriores, os alunos abordavam temas relacionados à reciclagem ou com uso de materiais ecológicos. Nesta edição de 2017, foram incluídos tópicos como indústria e comércio.

Em 2014, um projeto de Divinópolis ganhou a etapa nacional, Cristiano relembra que a ideia dos então alunos do Cebrac foi nomeada “Águas Cinzas”, um sistema que recolhia a água utilizada na máquina de lavar roupas, efetuava o tratamento e armazenava em um reservatório. No processo, a água apenas não é própria para o consumo humano, mas pode ser usada em todas as necessidades domésticas.

O projeto “Águas Cinzas” foi patenteado e está em execução por uma empresa do Rio de Janeiro.

Já em 2015, foi desenvolvido um aplicativo de celular que permitia acionar ou desativar aparelhos eletrônicos e elétricos da residência, como acender/ apagar as lâmpadas de casa ou ainda ligar o microondas e desligar a televisão. O projeto ficou em segundo lugar na etapa nacional, por apenas um décimo.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.