terça-feira, 8 de Outubro de 2019 16:07h Portal G37

IV Seminário da Construção Civil será realizado na FIEMG em Divinópolis.

A construção civil está entre os setores da economia formado por maior diversificações de produtos e serviços, com uma grande cadeia produtiva, um dos motivos pelos quais se mostra cada vez mais importante para o desenvolvimento econômico do país, elevando a taxa de emprego, produto e renda.

 

Para que o setor possa desempenhar seu papel na economia é essencial estar atento às novas tecnologias e novidades do mercado. Para isso, o Sindicato das Indústrias da Construção Civil do Centro-Oeste (SINDUSCON-CO) e o SEBRAE-MG, em parceria com a FIEMG Regional Centro-Oeste vão realizar a 4ª edição do Seminário da Construção Civil do Centro-Oeste de Minas.

 

O evento acontece dia 28 de outubro, na Sede da FIEMG Regional e vai contar com três palestras e painel de debate. As inscrições podem ser feitas pela plataforma Sympla e são oferecidos preços promocionais para associados ao Sindicato e estudantes.

 

O seminário começa às 17h com credenciamento e café de boas vindas. Às 17h30, o consultor do SEBRAE, Ton Pires vai ministrar a palestra “Perspectivas e tendências de mercado para a construção civil”; em seguida, “Novas perspectivas de mercado: O que está mudando no comportamento do consumidor de imóveis no Brasil” será o assunto abordado pelo Sócio Consultor da Bureau de Inteligência Corporativa (BRAIN), Guilherme Braga Wenner; 19h30 o Consultor do SEBRAE, Niury Martins apresenta a palestra “Estratégias de marketing digital para impulsionar negócios do setor imobiliário”. O encontro será finalizado com painel de debates mediado pelo Vice Presidente do setor imobiliário do SINDUSCON-MG, Renato Michel e abrangerá todos os palestrantes, além do Presidente do SINDUSCON-CO, Eduardo Soares e convidados. 

De acordo com o Presidente do SINDUSCON-CO, Eduardo Augusto Nunes Soares, a Construção Civil funciona como uma espécie de motor econômico, com grande capacidade de movimentar a economia. “Vários produtos e serviços são interligados com a construção civil e esse dinamismo faz com que a busca por capacitação e inovação seja um diferencial no aumento da competitividade”,  afirmou.

 

A Construção Civil no Brasil é o segundo maior setor econômico do país, atrás apenas da Agroindústria e representa aproximadamente 16% do PIB brasileiro. Na região Centro-Oeste de Minas, o setor conta com 1.580 estabelecimentos de construção que geram 11.938 empregos. Para o Presidente da FIEMG Regional Centro-Oeste, Paulo César Costa, a construção civil é considerada o “termômetro da economia” e a melhora do cenário na construção tem impacto em diversos outros campos da atividade econômica. “É importante buscar se capacitar e conhecer novas tendências para estar preparado para a retomada da economia, alavancada pela construção civil. O Seminário é uma importante oportunidade para conhecer as perspectivas de mercado no setor”, finalizou.

 

© 2009-2019. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.