sexta-feira, 8 de Novembro de 2019 10:13h Ilidio Luciano

Vereador Sargento Elton comenta decisão do STF de revogar prisão de condenados em Segunda Instância.

Vereador diz que maiores beneficiados serão os chamados “criminosos do colarinho branco”.

ILÍDIO LUCIANO

O Supremo Tribunal Federal (STF) derrubou nesta quinta-feira (07/11) a prisão de condenados em Segunda Instância, revertendo uma decisão estabelecida pela própria Suprema Corte em 2016.

O Presidente do Supremo, Ministro Dias Tóffoli foi quem desempatou a decisão contrário à permanência das prisões logo na Segunda Instância. Com isso, cerca de cinco mil condenados devem deixar as prisões em todo o país, segundo o Conselho Nacional de Justiça (CNJ).

Em Divinópolis, o vereador Sargento Elton, que é o representante da Segurança Pública, na Casa de Lei Municipal comentou sobre a decisão do Colegiado Jurisdicional Brasileiro.

“É uma situação absurda, porque além do criminoso só ser preso após esgotados todos os recursos, até a chegada ao Supremo Tribunal Federal, muitos crimes que foram julgados pela condenação em primeira e segunda instâncias prescreverão, menos o feminicídio e o estupro”, comenta

Sargento Elton cita o grande número de condenados nas duas primeiras instâncias da Justiça, que deixarão as prisões e ganharão as ruas novamente, com a decisão do STF.

“Cerca de 44 mil bandidos no Brasil serão reconduzidos às ruas, para assaltar, estuprar, matar, traficar drogas. Além do mais, essa decisão ajuda principalmente os chamados criminosos do colarinho branco, que assaltaram o país nestes últimos anos. Nos Estados Unidos, o criminoso se for condenado em primeira instância ele já é preso, se quiser recorrer, pode recorrer, mas preso”, indigna-se.

© 2009-2019. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.