quinta-feira, 18 de Maio de 2017 09:33h Rodrigo Fonseca /Superesportes

Atlético avança por Valdívia e deve envolver troca de zagueiros na negociação com Inter

Erazo deve ser cedido aos gaúchos, que repassaria Ernando ao Galo

A saída do Cruzeiro da mesa de negociações deixa o caminho livre para o Atlético definir detalhes da contratação do meia-atacante Valdívia, do Internacional.

O vice de futebol do time gaúcho, Roberto Melo, confirmou que a tendência é que o atleta deixe o Rio Grande do Sul para retomar sua carreira em outro centro.

O presidente do Atlético, Daniel Nepomuceno, procurado pela reportagem, disse que não iria comentar a negociação.

O Inter pretende emprestar Valdívia até o final da temporada, ou por um ano. Para ter o meia-atacante, o Galo deve pagar aos gaúchos R$ 1 milhão.

A possibilidade de envolver Maicosuel nas tratativas foi praticamente descartada pelo Atlético. Um jogador do Atlético que pode ser cedido ao Inter é o zagueiro Erazo. Em contrapartida, o Colorado deve repassar o defensor Ernando ao clube de Belo Horizonte, conforme informou a rádio Inconfidência. Erazo treinou normalmente na Cidade do Galo nesta quinta-feira.

Jair Peixoto, empresário de Valdívia, disse que não é o momento de falar sobre o assunto. “Agora, não tenho nada a dizer. Vamos aguardar.” O ex-jogador Roni, representante de Ernando, não atendeu as ligações da reportagem. O agente de Erazo, Felipe Russo, também não respondeu às chamadas.

Valdívia, de 22 anos, surgiu com grande destaque no Rondonópolis, em 2012. Naquele ano, foi artilheiro da Copa São Paulo de Futebol Júnior, com oito gols. Por causa do bom desempenho, o atleta foi contratado pelo Inter.

Estreou nos profissionais do Colorado em 2013, ano em que participou de apenas duas partidas. O melhor momento dele ocorreu em 2015, quando disputou 53 jogos, marcou 19 gols e deu seis assistências.

Quando vivia sua melhor fase, em novembro de 2015, Valdívia sofreu lesão no ligamento cruzado do joelho esquerdo durante amistoso da Seleção Brasileira Olímpica contra os Estados Unidos. O jogador voltou a atuar em julho de 2016, mas alternou altos e baixos.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.