terça-feira, 29 de Outubro de 2019 21:23h Ilidio Luciano

Conselho Técnico na Federação Mineira de Futebol define regulamento do Campeonato Mineiro 2020.

Novidades são Troféu Independência e Recopa Mineira, Quartas de Final deixa de existir.

ILÍDIO LUCIANO

Foi definido na tarde desta terça-feira (29/10), na sede da Federação Mineira de Futebol, o regulamento e a fórmula de disputa do Campeonato Mineiro de Futebol de 2020. Representantes dos 12 clubes participantes votaram pela mudança na fórmula de disputa para o próximo ano, que não terá mais a fase de Quartas de Final.

Estiveram presentes na reunião os representantes de: América, Atlético, Boa Esporte, Caldense, Coimbra, Cruzeiro, Patrocinense, Tombense, Tupynambás, Uberlândia, URT e Villa Nova.

Ficou definido que, na primeira fase do Campeonato Mineiro 2020, os clubes se enfrentarão entre si em turno único; somente os quatro primeiros colocados avançarão para as semifinais, que serão disputados em jogos de ida e volta, bem como nas finais do estadual.

Nas semifinais do Campeonato, haverá arbitragem de vídeo (VAR) e os estádios que receberão estas partidas, deverão comportar no mínimo 10 mil torcedores, esta regra não se aplica, se os dois times envolvidos forem do interior do estado.

NOVIDADES:

Foi definido também no arbitral, que os times que terminarem a primeira fase entre o 5º e o 8º lugar na classificação, disputarão o “Troféu Inconfidência”; os jogos serão de ida e volta, para se definir as semifinais e finais.

Também será disputada a “Recopa Mineira”, entre o Campeão do Troféu Inconfidência contra o time do Interior do Estado, melhor classificado na classificação geral.

Outra novidade é que não haverá limite para a inscrição de atletas durante toda a competição, mas o jogador que atuar por uma equipe, não poderá defender outro time no campeonato.

© 2009-2019. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.