quinta-feira, 18 de Maio de 2017 09:32h Gabriella Brito

Gramado do Mineirão é preparado para o inverno

A temperatura em Belo Horizonte começou a baixar e a equipe do Mineirão irá aproveitar o intervalo de 20 dias sem jogos para realizar o plantio da grama de inverno, chamada Ryegrass. Esse tipo de semente é utilizado nos campos europeus e ideal para locais ou épocas com temperaturas mais amenas. O próximo jogo no estádio será apenas dia 4 de junho, Cruzeiro e Chapecoense, pela 4ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Após a partida entre Cruzeiro e São Paulo, realizada no último domingo (14), foram iniciados os cortes verticais e a redução da densidade do gramado, para que os 450 quilos da semente de inverno, semeados a partir desta quinta-feira (18), penetrassem facilmente entre as folhas da grama Bermuda Celebration e tocasse o solo, ocorrendo a germinação necessária. Para auxiliar esse processo, chamadotop dressing, foram utilizados 18 metros cúbicos de areia.

Durante esses 20 dias de intervalo, a equipe responsável pela manutenção do gramado trabalhará de forma constante, com reforço na fertilização, cortes especiais e irrigação para garantir que a homogeneidade do campo de jogo esteja adequada para a prática do futebol e o gramado em perfeitas condições para receber Cruzeiro e Chapecoense.

SOBRE O GRAMADO DE INVERNO
O procedimento para o plantio da grama de inverno é realizado em três etapas. Primeiro ocorre o corte vertical, que retira o excesso de material que se acumula no campo de jogo. O segundo é um corte mais rente ao solo, deixando o gramado uniforme. Na última etapa é aplicada a semente de inverno com uma semeadeira, em diferentes sentidos, para que se tenha uma boa cobertura e homogeneização do plantio.

Sobre o Mineirão
Inaugurado em 5 de setembro de 1965, o Mineirão é um dos maiores estádios de futebol do país. Palco de importantes eventos e de célebres conquistas esportivas, estádio possui capacidade para 62 mil pessoas e é administrado pela Minas Arena, uma sociedade de propósito específico criada por meio de uma parceria público-privada (PPP) com o Governo de Minas, para executar as obras de modernização e gestão, por 25 anos, do Estádio Governador Magalhães Pinto – Mineirão. Com 51 anos de história, o Gigante da Pampulha é o primeiro estádio no País e segundo no mundo a possuir o Selo Platinum, certificação máxima do U. S. Green Building Council (USGBC), órgão responsável pela certificação que é utilizada em 143 países para incentivar a transformação dos projetos. Em 2016, o Mineirão tornou-se o primeiro estádio brasileiro e o segundo do mundo a ser signatário do Pacto Global.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.