quarta-feira, 6 de Dezembro de 2017 12:49h Atualizado em 6 de Dezembro de 2017 às 14:23h. Carlos Henrique

Ronaldinho Gaúcho promete se despedir no Atlético e descarta migrar para o mundo político

Aos 37 anos, Ronaldinho não deu um ponto final oficial em sua carreira. Na última terça feira, o jogador, em coletiva no Rio de Janeiro, ao falar sobre o Game of Dreams, partida beneficente que ocorrerá na próxima sexta, as 16h no Mineirão, disse que quer se despedir do futebol jogando em clubes onde atuou por toda a sua carreira.

 

"Tem essa chance, acho que no próximo ano vou me despedir mesmo oficialmente do futebol. Tem essa possibilidade de fazer minha despedida por times que joguei. É algo a planejar para o próximo ano", avisou.

 

Ronaldo voltará ao Mineirão três anos e meio depois de deixar o Galo, como campeão da Recopa 2014. Pelo clube, também foi campeão da Libertadores de 2013, do Mineiro e vice-Brasileiro de 2012.

"O Atlético está no meu coração, como todos os outros clubes que joguei. Onde passei tive a felicidade de fazer uma história bonita", disse

No Rio, representantes do PEN, partido de Jair Bolsonaro, aguardavam o atleta e seu irmão para conversar sobre uma possível candidatura de Ronaldinho a deputado federal. Assis não compareceu, e Ronaldinho perguntado, descartou veementemente. “Sem chance, não é comigo”.

Os próximos passos da vida de Ronaldinho serão a carreira musical e também as asuas escolinhas de futebol.

Leia Também

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.