Força tarefa inicia fiscalizações em lotes e terrenos baldios de Cajuru

No primeiro dia de trabalho cinco equipes de fiscais foram distribuídas em nove áreas da cidade para identificar situações de risco

Começou nesta segunda-feira (12), as primeiras fiscalizações em lotes e terrenos baldios de Carmo do Cajuru, incluindo construções e casas abandonadasocupados com entulhos, lixo e vegetação daninha.

As ações integram a força tarefa criada pela Prefeitura Municipal de Carmo do Cajuru para controlar problemas como a proliferação do mosquito transmissor da dengue, chikungunya e zika, além de animais peçonhentos e caramujo gigante ou africano, representando perigo para a segurança e para a saúde pública.

No primeiro dia de trabalho cinco equipes de fiscais foram distribuídas em nove áreas da cidade para identificar situações de risco. Alguns proprietários de imóveis já foram identificados e convocados para tomar providências.

Notificações:

Os proprietários poderão ser notificados com base em duas leis vigentes: lei dos lotes limpos, em que ele terá um prazo de 30 dias para se regularizar, ou em caráter emergencial em que a limpeza deve ser feita em 72 horas. Se a lei não for cumprida serão aplicadas multas.

Denúncias:

Foi criado um novo número para denúncias. Agora elas devem ser feitas pelo telefone: (37) 9 8408-5040, ou através da aba “denúncias on-line” disponível no site www.carmodocajuru.mg.gov.br.

 

© 2009-2018. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.