terça-feira, 9 de Janeiro de 2018 12:43h

Hemominas está com estoque abaixo do ideal

Na sede de Divinópolis, até sexta (5), o tipo O+ estava aproximadamente 40% abaixo do desejável

O Hemominas de todo o estado está com o estoque de sangue abaixo do ideal, e em Divinópolis a situação não é diferente. De acordo com os dados da unidade, até a última sexta, o acervo de O+ estava aproximadamente 40% abaixo do desejável.  Desde novembro, a unidade está funcionando com horário reduzido, de 7h às 11h, devido à redução no quadro de funcionários.

Na rede estadual, de acordo com os dados da unidade, até ontem (8), o sangue tipo O+ estava aproximadamente 23% abaixo do ideal, já o O- está a cerca de 42% a menos do esperado. Em Divinópolis, segundo a última atualização, na sexta (5), o tipo O+ estava cerca de 40% abaixo do desejável.

ESTOQUE REDUZIDO

Segundo a assistente técnica de hematologia e hemoterapia, Sarah Caroliny Martins, em algumas épocas do ano, a redução já é esperada pela unidade. “Em alguns períodos já é previsível uma queda no número de doadores, como nas férias ou nas vésperas de feriados. Agora, como temos as férias escolares e ainda estamos aproximando do Carnaval, temos uma redução no número de doadores e um aumento na demanda”, explicou.

De acordo com a assistente técnica, nesses períodos, as chamadas aos doadores e ações de conscientização são intensificadas, para evitar a baixa nos estoques.

MUDANÇA DE HORÁRIO

Em novembro, devido à redução no quadro de funcionários, o horário de atendimento foi alterado apenas para a parte da manhã, de 7 às 11h. Entretanto, segundo Sarah, apesar da queda no número de doadores com a mudança, ainda não é possível relacionar a modificação no horário com a baixa no estoque. “Nós não podemos relacionar que essa queda está diretamente relacionada ao horário de atendimento da unidade, pois se observou uma queda em toda a rede, não apenas na unidade de Divinópolis”, acrescentou.

Ainda segundo Sarah, antes da alteração, a unidade recebia uma média de 100 doadores por dia, após a mudança, o número caiu para 80. “Nós trabalhamos com distribuição limitada de senhas, geralmente são distribuídas 100 por dia, entretanto, esse número pode ser maior, conforme a necessidade e equipe disponível”, afirmou.

Sobre os agendamentos, Sarah explica não serem obrigatórios e qualquer pessoa dentro das condições básicas para doação pode comparecer à unidade no horário de atendimento e realizar o procedimento. “O agendamento é apenas uma forma de garantir a prioridade no atendimento, às vezes quando o doador tem um tempo curto”, finalizou.

O processo de doação dura em média uma hora.

CONDIÇÕES BÁSICAS

Para realizar a doação voluntária de sangue, a pessoa deve atender algumas condições básicas, como:

- Ter idade entre 16 e 69 anos (jovens de 16 e 17 anos poderão doar se acompanhados do responsável legal ou portando autorização deste, com fotocópia do documento de identidade do responsável. Pessoas com mais de 61 anos poderão doar se tiverem realizado pelo menos uma doação até os 60 anos).

- Ter e estar em boa saúde

- Não ter tido hepatite após 11 anos de idade

- Pesar acima de 50 quilos

- Não ter sido exposto à situação de risco acrescido para doenças sexualmente transmissíveis

- Dormir bem na noite anterior a doação

- Não ter ingerido bebida alcoólica nas últimas 12 horas

- Não apresentar ferimento ainda cicatrizado

- Não estar grávida ou em período de amamentação

- Não ter feito tatuagem ou colocado piercing nos últimos 12 meses

- Outros critérios serão analisados durante a triagem clínica

Para doação o interessado deverá ainda se preparar cumprindo as seguintes condições:

- A doação não pode ser realizada em jejum (Pela manhã poderá tomar café, comer pão, frutas, biscoito, etc. Após o almoço ou jantar aguardar 3 horas).

- Caso esteja em uso de medicamentos, tenha submetido a tratamento dentário ou vacinação recente, consulte antes de ir fazer a doação

- O doador terá de apresentar documento de identidade oficial e original com foto no ato da doação

Para mais informações, entre em contato com a equipe de captação nos números, 3216-6513/3216-6514.

 

© 2009-2018. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.