terça-feira, 10 de Abril de 2018 11:10h Portal Gazeta do Oeste

Hospital São João de Deus inaugura “Feira de Talentos” para os colaboradores

No dia 09 de abril, deu-se início a “Feira de Talentos” para colaboradores do Hospital São João de Deus. A feira ficará aberta todas às segundas-feiras, de 16 às 20 horas, no estacionamento do hospital. Com o projeto os colaboradores cadastrados têm a oportunidade de expor seus talentos e habilidades comerciais de forma regular sem prejudicar suas atividades laborais.

Segundo o coordenador do Serviço Social da instituição, Hermes Ferreira Lima Júnior, a iniciativa partiu do próprio setor que percebeu uma demanda reprimida dos colaboradores em relação à comercialização de produtos dentro do hospital. Em conversa com o Gerente de Recursos Humanos, Ricardo Caldeira, eles desenvolveram a ideia e levaram ao conhecimento da Superintendência, que aprovou o projeto e viabilizou a sua realização. “A Feira de Talentos é na verdade uma soma de demandas. Juntou-se o desejo dos colaboradores em vender seus produtos e da Superintendência em regulamentar as vendas internas, pois, na tentativa de obter uma complementação de renda, muitas pessoas praticam o comércio de produtos de forma irregular dentro do ambiente de trabalho e prejudicam a produtividade do setor, o que pode ainda gerar demissão por justa causa”, explica Hermes.

Para uma das feirantes cadastradas, a Auxiliar Administrativa, Jaqueline de Oliveira Silva, a feira é uma oportunidade para os colaboradores obterem um dinheiro extra. Por trabalhar em horário comercial, ela conta com a ajuda da própria mãe, Maria Regina de Oliveira, que permanecerá no local comercializando produtos alimentícios. “Minha mãe já é comerciante de roupas há 10 anos e agora vamos nos aventurar em um novo segmento, vendendo lanches”, revela Jaqueline. 

Para a Superintendente do HSJD, Srª. Elis Regina Guimarães, este projeto vem ao encontro de um dos valores da instituição, a Valorização Profissional. “Este projeto é mais uma conquista de nossa gestão para a valorização de nossos colaboradores. Sabemos que muitos deles possuem talentos, porém não possuem um espaço para demonstrá-lo. Desta forma trazemos uma oportunidade para que eles possam expressar suas habilidades, reservando a eles um local especial e regulamentado para a exposição e comercialização de produtos”.

A Superintendente ainda faz uma analogia do projeto ao momento de recuperação financeira que vive o nosso país. “Com a crise no Brasil, aprendemos a desenvolver novas atividades que geram lucro e este projeto vem corroborar com isso, oportunizando aos nossos profissionais obterem uma renda extra e contribuírem assim para o orçamento familiar”, finaliza.

A Feira de Talentos conta a princípio com treze barracas, sendo 15 o número máximo permitido em detrimento ao local preestabelecido.

© 2009-2018. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.