terça-feira, 5 de Dezembro de 2017 11:23h Atualizado em 5 de Dezembro de 2017 às 13:49h. Diego Henrique

Criminosos explodem agência bancária e atiram contra policial em Oliveira

Militar foi levado para Belo Horizonte para retirar o projétil que ficou alojado no tórax

Criminosos explodiram uma agência bancária durante a madrugada dessa segunda-feira (05) no distrito de Morro do Ferro, em Oliveira. Os suspeitos estivaram ainda na casa de um policial e atiraram contra o militar que foi atingido no tórax. Segundo a Polícia Militar (PM), nenhum valor em espécie foi levado já que o caixa explodido era apenas de cheques.

Segundo a PM moradores do distrito acionaram a polícia por volta de 2h, após ouvirem vários disparos de arma de fogo. Na denúncia, os moradores ainda afirmaram que os suspeitos estavam tentando explodir uma agência do Sistema de Cooperativas de Crédito do Brasil (Sicoob).

Enquanto a equipe se deslocava para atender a ocorrência, avistou dois veículos em alta velocidade. Em um dos carros estavam os criminosos que portavam armas de grosso calibre, segundo a polícia.

A Polícia Rodoviária Estadual (PRE) também dava apoio a Polícia Militar e recebeu informações que um cabo da PM havia informado a central de que a os suspeitos estariam próximos a sua residência. Momentos depois o militar foi atingido no tórax por um disparo de arma de fogo.

O policial foi socorrido pelo Corpo de Bombeiros e foi levado para o Hospital São Judas Tadeu (HSJT), em Oliveira. De acordo com a assessoria da PM, após atendimento no HSJT, o cabo foi transferido para Belo Horizonte onde passaria por um procedimento para retirada do projétil que ficou alojado no tórax, mas o militar não corre risco de morte.

Um dos carros usado pela quadrilha foi encontrado. Ao consultar a placa no sistema informatizado, foi constatado que o veículo havia sido roubado em data anterior.

A Polícia Civil (PC) também foi acionada e realizou os trabalhos de praxe tanto na agência quanto nos locais onde houveram disparos. Ainda de acordo com a Polícia Militar os criminosos conseguiram fugir sem levar nenhum valor em espécie, já que explodiram caixas onde haviam somente cheques.

A reportagem entrou em contato com o Sicoob, porém, até o fechamento dessa edição não recebeu retorno. A polícia segue em andamento na tentativa de identificar e localizar os suspeitos.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.