Edson Sousa retorna ao plenário da Câmara e pede destituição de membros da Comissão de Ética da casa.

Vereador protocolou pedido para retirada de Delano e Eduardo Print da Comissão.

ILÍDIO LUCIANO

De volta ao plenário da Câmara Municipal de Divinópolis, onde esteve ausente por três reuniões, depois de sofrer um mal súbito no dia em que foi aprovado pelos vereadores, o empréstimo de R$ 40 milhões de reais para a Prefeitura, o vereador Edson Sousa retornou na seção desta quinta-feira (26/09) a ocupar seu lugar no plenário.

O vereador que é conhecido por seu posicionamento sempre efusivo, falou que está bem de saúde no momento, mas que passará por uma bateria de exames após o ocorrido na Câmara.

“Nós não teremos tempo mais para conversar conversas menores, que não tem respeitabilidade e urbanidade; conversas em que as pessoas não tem o cuidado de estudar, certificar-se do que está sendo discutido, nós não entraremos mais nesse jogo menor. O que nós queremos é um debate sadio em favor de Divinópolis”, certifica.

Após ser atendido ainda dentro do plenário da Câmara na sessão, o vereador foi encaminhado para atendimento médico no Hospital São Judas Tadeu e confessa estar cansado e necessitado ainda de cuidados profissionais.

“Eu estou cansado, estou tomando remédios, terei de fazer uns outros exames, mas estou bem, vou fazer esses procedimentos com muita responsabilidade, com fé em Deus vamos continuar fazendo o melhor para a população divinopolitana.

Edson Sousa já retornou mostrando que não está de brincadeira na Câmara, ele protocolou nesta quinta-feira, um pedido de destituição dos vereadores Doutor Delano, que foi com quem discutiu na seção que se sentiu mal, e também do líder do governo Eduardo Print Júnior da Comissão de Ética da Câmara Municipal. O pedido foi entregue protocolado para a Mesa Diretora da Câmara.

Abaixo apresentamos o documento oficial protocolado por Edson Sousa.