sexta-feira, 21 de Abril de 2017 08:16h Pollyanna Martins

Obras da quadra da Escola Estadual Patronato Bom Pastor serão retomadas

As obras da cobertura da quadra estavam paradas há mais de um ano, devido a um erro do Governo do Estado

As obras de cobertura da quadrada Escola Estadual Patronato Bom Pastor serão retomadas. O anúncio foi feito pela vereadora Janete Aparecido (PSD), durante a reunião ordinária dessa terça-feira (18), na Câmara Municipal. Durante o seu discurso, a presidente da Comissão de Educação, Cultura, Esporte e Lazer informou que a notícia de que o Governo do Estado já depositou uma parcela da verba para dar continuidade à obra foi recebida também nessa terça-feira. A denúncia da paralisação da obra foi feita no final do mês de março pela vereadora, que relatou que as obras de cobertura da quadra estavam paradas há mais de um ano, por causa de um erro de rubrica. Segundo Janete, o Ministério da Educação (MEC) disponibilizou uma verba de mais de R$ 4 milhões para o Governo do Estado.

A parlamentar conta que a verba é carimbada e seria destinada para a construção de uma quadra e não a cobertura da quadra, como estava sendo feito na Escola Estadual Patronato Bom Pastor, por isso a obra estava paralisada. “É uma verba carimbada, ou seja, ela já é liberada para fazer determinada obra, que, neste caso, era para construção de quadra. No Patronato, como a obra era de cobertura de quadra, tiveram que suspender a obra”, explica. Foram repassados para a escola R$ 168 mil para a construção da quadra, sendo que a diretoria, sem saber do erro, utilizou R$ 17 mil para iniciar a cobertura da quadra. Como a obra está paralisada há mais de um ano, as crianças continuam sem um local adequado para fazer Educação Física e brincam em meio a materiais de construção. “Hoje nós tivemos uma notícia muito gratificante. Durante uma reunião com a diretora da escola e representantes da Superintendência Regional de Ensino, nos disseram que a empreiteira irá retomar as obras da quadra da Escola Patronato Bom Pastor”, anuncia.

Na época, a Secretaria Educação de Minas Gerais informou, por meio de nota, que a obra de construção da quadra poliesportiva da Escola Estadual Patronato Bom Pastor, foi paralisada por uma empreiteira com 20% de execução. Segundo a Secretaria, a obra foi contratada por cerca de R$ 170 mil, com recursos federais do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), sob a responsabilidade do Ministério da Educação. A Secretaria informou ainda que aguardava a liberação por parte do Governo Federal do recurso restante do FNDE para realizar o repasse para a empresa responsável.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.