sexta-feira, 9 de Março de 2018 16:30h

Vereador Ademir silva gera polêmica ao falar sobre sacrifício de animais em Divinópolis

Ao falar sobre a operação "Pega Animal", o edil causou estranhamento nas ONGs da cidade

O discurso do vereador Ademir Silva (PSD) na tarde desta quinta-feira (08) na Câmara de Divinópolis acabou gerando grande repercursão nas redes sociais. Quando falava sobre uma operação "Pega Animal", o edil deu a entender que os animais seriam sacrificados, causando estranhamento.

A Sociedade Protetora dos Animais de Divinópolis (SPAD), divulgou então, em suas redes, o vídeo do vereador com a seguinte legenda:

"Queremos mais informações sobre essa suposta operação "Pega Animal". Que animais? Por que levá-los para Formiga? Sacrifício? Eutanásia como medida de controle populacional é crime! Os animais são culpados pela irresponsabilidade dos donos? Os protetores aguardam respostas!"

Ademir

Após polêmicas geradas, o vereador explicou novamente a proposta e afirmou que não é a favor de sacrifício de animais. Em vídeo publicado no Facebook do grupo Ação Política de Divinópolis, ele diz:

"No meu pronunciamento de ontem eu falei sobre o caminhão que o Galileu está reformando e arrumando e reformando para a captura dos animais de grande porte da nossa cidade. São bois e cavalos que vivem na nossa cidade causando acidantes e colocando em risco a vida dos nossos munícipes. estou aqui hoje para esclarecer os problemas. Galileu vai fazer a captura e levar os animais para um curral e eu fiz esse pronunciamento para alertar os donos dos animais para quando sentir falta deles que vá para o curral para buscá-los."

Prefeitura 

A Prefeitura de Divinópolis, após a repercurssão do dirscurso de Ademir, divulgou uma nota oficial afirmando não ter nenhum projeto para recolhimento de cães e gatos nas ruas da cidade para sacrifício.

"Toda e qualquer ação ligada aos animais de pequeno porte são feitos através da Vigilância em Saúde com o acompanhamento de autoridades e sociedade organizada", afirma a nota.

© 2009-2018. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.