Artigos

Vocês são a luz do mundo

Ômar Souki

“Vocês são a luz do mundo. Não se pode esconder uma cidade construída sobre um monte. Ninguém acende uma candeia para colocá-la debaixo de uma vasilha, e sim para colocá-la no lugar apropriado, onde ilumina a todos os que estão em casa. Assim também brilhe a luz de vocês diante dos homens, para que vejam as suas boas e glorifiquem ao Pai de vocês, que está nos céus” (Mateus 5, 14-16). Essa passagem foi lida na missa da terça-feira depois de Pentecostes. Essa luz da qual Jesus nos fala é o Espírito Santo em nós. Por meio dele recebemos os dons da fortaleza, da sabedoria, do entendimento, da ciência, da misericórdia, do conselho e do respeito a Deus.

O dom da fortaleza nos defende das tentações e nos levanta após as quedas.  Robustece a nossa fé, motiva a alma na prática do bem e nos dá a capacidade de superar desafios, sem desanimar.  A sabedoria é um conhecimento que não se aprende nos livros, mas que brota da intimidade que a alma tem com Deus. Quando se aprofunda no conhecimento de Deus, a pessoa passa a saborear a sua doçura. A pessoa sábia considera as doenças e tribulações, não como castigos, mas como oportunidades de crescimento pessoal.

O dom do entendimento nos permite penetrar no íntimo das verdades reveladas por Deus. É conhecer as pessoas e as coisas a partir da Palavra de Deus. Jesus disse: “Eu o louvo, Pai, Senhor do Céu e da Terra, porque você escondeu essas coisas aos sábios e inteligentes e as revelou aos pequenos” (Mateus 11, 25). É ter uma compreensão profunda da gravidade do pecado e da brevidade e seriedade da vida. A ciência é a capacidade de enxergar Deus através da natureza e dos seres. Nos permite identificar a Divina Presença nas coisas criadas, como fazia Francisco de Assis. Também nos capacita entender situações e sonhos, como fazia o profeta Daniel.

O dom da misericórdia, ou piedade, nos leva a ser compassivo com os demais e receptivo às suas necessidades materiais e espirituais. Demonstramos misericórdia quando escutamos nossos semelhantes e procuramos atender seus pedidos. O dom do conselho guia a alma e a esclarece sobre o que deve ser feito, em especial, diante de escolhas importantes. Nos sugere o que é lícito e mais apropriado fazer nas diversas situações que a vida nos apresenta. E o respeito a Deus se refere ao zelo que devemos ter ao lidar com as coisas de Deus. É ter o máximo de entrega nos momentos de oração e nas celebrações da Igreja. Isto é, não fazer as preces de qualquer jeito, mas sim, com perfeição, dignidade e reta intenção.

Podemos e devemos suplicar ao Santo Espírito de Deus que desça sobre nós e nos preencha com os seus sete dons. Através deles teremos mais força para praticar o bem e motivação para superar desafios. Sabedoria para considerar doenças e problemas como oportunidades de crescimento. Entendimento para valorizar a vida, aproveitando bem de cada momento que nos é oferecido. Ciência para ver Deus na natureza e nos seres. Misericórdia para sermos receptivos às necessidades alheias. Conselho para saber qual é a direção a tomar nas encruzilhadas da vida. E, por fim, respeito máximo pelas coisas de Deus, dando o merecido valor a nossos momentos de encontro com o Criador de todas as coisas.

Verifique também
Fechar
Botão Voltar ao topo
%d blogueiros gostam disto:

Bloqueador de Anúncio Detectado

Nosso conteúdo é gratuito e o faturamento do nosso portal é proveniente de anúncios. Desabilite o seu bloqueador de anúncios para ter acesso ao conteúdo do Portal G37.