Viva as poderosas meninas... viva as mulheres.

                       

        Hoje a rapidez da tecnologia nos faz saber tudo, de bem ou de mal, em questão de segundos e ficamos estarrecidos de saber como ainda é grande o número de feminicídio no nosso pais e no resto do mundo. Como hoje é banal desfazer, bater e matar uma mulher, a justiça ainda é muito lenta e deixa muito a desejar como protetora da população.

       Não entendo o porque dessa diferença pois acredito tanto no caminhar juntos o compartilhar tudo, que não sinto no meu dia a dia essa grande diferença. Acredito sempre que existe uma deliciosa diferença, aquela coisa de fazer em prol de quem você ama, protege e sempre deseja o melhor.

     Como essas mulheres foram importantes em minha vida, partindo de minha mãe que me deu a vida, como tenho respeito e orgulho das minhas avós, mulheres poderosas e guerreiras, cada uma a seu modo, souberam  viver, criar e escreveram suas histórias marcantes.

      Como esquecer das minhas primeiras professoras Dona Julieta Lara e Dona Maria José Fonte Boa, grandes mestras, enérgicas e amáveis na medida certa.

       Sempre fui cercado de mulheres fortes, minhas queridas primas são exemplo disso, sempre trabalharam e foram independentes.

      Na minha infância nossa terrinha ainda foi marcada por grandes mulheres, não só aquelas que trabalhavam fora mas também aquelas donas de casa que comandavam com pulso forte uma grande família. Como não lembrar e homenagear estas guerreiras como a D. Caliope, D. Ivone Guimarães, D. Neusa Mattar, D. Celuta, Tia Vica, Marta Eugênia, Enia Azevedo e muitas mais.

       Parabéns a estas mulheres que se reinventam a cada instante brilhando cada vez mais como Sonia Terra, Liliane, Rosangela Siqueira, Iris, Isabela, Suely Rocha, Adriana Ferreira, Lili Tuez, Rosangela Tuez, Consuelo e muito mais...

       Como não citar as mulheres da minha época, da minha adolescência e da minha história, meninas brilhantes e competentes como: Laila, Júnia, Raquel, Silvia, Maria Helena, Noriene, Claudiana, Denise Vasconcelos, Denise Faria, Leila, Sinara, Giuvania, Silvana, Deise algumas já não tão presentes mas especiais da mesma maneira.

       Meus parabéns a essas queridas amigas do meu grupo da gastronomia, as colegas da minha turma da hidro, minha parceira de corretagem Marisa, minha cumadre Jú e minhas queridas alunas, que vocês todas continuem arrasando.

      Um grande beijo para esta minha amiga e irmã que Deus me presenteou Claudinha Silva, lutadora de um coração do tamanho do mundo. 

      E para fechar com chave de ouro a mais poderosa de todas as mulheres, minha Cleide, aquela que me completa e me faz feliz, mulher guerreira que soube dar a volta por cima e se refazer, se reinventou e mostrou que o importante é a integridade.

      Minhas queridas mulheres que este dia seja muito de vocês e o restante do ano também, parabéns...

      E nós continuamos aqui na TOK EMPREENDIMENTOS, Rua Cristal 120 , centro.             

                  

           

© 2009-2020. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.