Ministro da Saúde afirma que dois milhões de doses de vacina serão trazidas da Índia nesta quarta.

Eduardo Pazuello acredita que imunização no país se inicia até o final de janeiro.

13 JAN 2021

ILÍDIO LUCIANO

O Brasil vai buscar nesta quarta-feira (13/01) dois milhões de doses da vacina contra a Covid-19 produzidas pela empresa AstraZeneca em parceria com a Universidade de Oxford na Índia. A confirmação que o avião parte hoje para buscar o imunizante foi dada pelo ministro da saúde Eduardo Pazuello.

As doses estão sob proteção federal para a importação sem burocracia, por se tratar de pedido feito pela Fundação Osvaldo Cruz (Fiocruz) no início deste mês, para a autorização junto à Anvisa, para uso emergencial da vacina.

O ministro informou a data de 16 de janeiro para a chegada do imunizante ao país:

“ É o tempo de viajar, apanhar e trazer, já está com documento de importação pronto. Então quando nós tivermos a posição da Anvisa, temos material para distribuir e temos capacidade para vacinar no país todo”, garantiu.

Com a compra das vacinas da AstraZeneca, o Brasil passará a contar com oito milhões de doses de imunizantes contra a Covid, uma vez que o Instituto Butantã em São Paulo já pediu autorização à Anvisa para a distribuição em caráter emergencial da Coronavac, que é produzida pela empresa chinesa Sinovac, em parceria com o instituto.

Pazuello afirmou ainda que, a depender das autorizações dadas pela Agência de Vigilância, a vacinação no país poderá ser iniciada ainda neste mês de janeiro em todo o Brasil.

© 2009-2021. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.