Pesquisador diz que Brasil já está na 2ª onda da covid-19.

Dados mostram que o vírus voltou a se propagar intensamente em muitos estados do país, levando ao aumento da média nacional de casos.

18 NOV 2020

Vitor Faria

 

            Domingos Alves, pesquisador da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo de Ribeirão Preto é categórico: “O Brasil já está na segunda onda da covid-19.

            Alves acompanha os dados da epidemia no Brasil há oito meses como um dos responsáveis pelo portal Covid-19 Brasil, que reúne dezenas de especialistas de diferentes áreas sobre a propagação do novo coronavírus pelo país.

            O pesquisador avalia que o Brasil, assim como EUA e Europa, vive uma nova onda de transmissão, através da evolução na taxa de contágios (Rt) do patógeno, indicando o crescimento da pandemia por aqui.

            A taxa é calculada conforme o aumento de casos e permite saber quantas pessoas se infectaram por quem já estava doente.

            Quando o índice está acima de 1, a pandemia passa a crescer. Quando está abaixo de 1, sinaliza que a pandemia está perdendo força.

            No Brasil, a taxa atualmente está em 1,12, de acordo com o Observatório de Síndromes Respiratórias da Universidade Federal da Paraíba, significando que 100 pessoas contaminadas infectam outras 112.

            A média móvel de transmissão no Brasil está acima de 1 desde 11 de novembro. O índice não ultrapassava esse patamar desde 10 de agosto.

© 2009-2020. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.