quinta-feira, 9 de Maio de 2019 08:57h Portal G37

Casos de dengue chegam a 500 em Divinópolis.

Entre os dias 23 a 29 de abril, foram notificados 135 casos; já na semana de 30 de abril a 6 de maio, foram 5 notificações.

A Secretaria Municipal de Saúde (Semusa) divulgou, na tarde desta quarta-feira (08/05), os dados sobre os casos de dengue no município. Em semana, diminuiu, no entanto, no acumulado de 2019, o número de casos chega perto de 500, até 7 de maio.

Entre os dias 23 a 29 de abril, foram notificados 135 casos; já na semana de 30 de abril a 6 de maio, foram 5 notificações.

Apesar de desacelerar numa semana, já são 498 confirmados, dentro dos 1.539 suspeitos. Em todo o ano de 2018, o número de casos registrou volume menor: 159 suspeitas e 77 confirmações.

Os bairros com mais casos confirmados da doença são Santo Antônio dos Campos, com 45 casos, Centro e Rancho Alegre, com 35 casos cada, e Santo Antônio, com 18 casos.

Desde o início do ano, a Prefeitura de Divinópolis realiza diversas ações para combater o mosquito Aedes aegypti. Uma das primeiras iniciativas da Semusa foi a retomada dos mutirões de limpeza. A equipe de Vigilância em Saúde percorreu vários bairros da cidade recolhendo potenciais criadouros dos mosquitos.

Foi realizado o Dia D contra a Dengue, ações de panfletagem nas ruas foram reforçadas, alguns bairros receberam fumacê, caminhadas de conscientização e carreatas. Além disso, a Prefeitura acionou a Justiça solicitando mandatos judiciais expedidos pelo Poder Judiciário do Estado de Minas Gerais, por meio dos quais a equipe recolheu material de possíveis criadouros de dengue: cerca de 10 mil quilos de lixo.

Segundo a diretora de Vigilância em Saúde, Janice Soares, a situação ainda é preocupante, e todos precisam contribuir. “Infelizmente tivemos dois óbitos na cidade este ano. Estamos focados em controlar o problema, mas a participação da população é essencial. Todos precisam vigiar seus quintais”, disse.

© 2009-2019. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.