Cesta básica volta a subir em Divinópolis, aponta NEPES/Una.

Segundo levantamento da faculdade Una Divinópolis, o aumento foi de 4,38% em dezembro.

16 JAN 2021

A cesta básica registrou mais uma alta em Divinópolis. Segundo o levantamento realizado pelo Núcleo de Estudos e Pesquisas Econômico Sociais (NEPES) da Faculdade Una Divinópolis, o gasto mensal da cesta básica na cidade no mês de dezembro de 2020 foi de R$ 451,25, apresentando um valor superior ao registrado em novembro de 2020. A variação é de 4,38% entre os meses citados.
Esta pesquisa foi realizada nos dias 28 e 29 de dezembro de 2020 com levantamento de preços praticados em 06 diferentes estabelecimentos do ramo de produtos alimentícios de Divinópolis. Segundo a professora Pâmella Pugas, coordenadora do NEPES/Una, analisando o gasto mensal por produto que compõe a cesta básica, 8 deles apresentaram alta de preços.
“Destaque novamente para a batata inglesa (19,70%), que continuou apresentando aumento no preço, seguido do tomate (19,08%) e da banana prata (16,16%), que no mês de novembro haviam apresentado queda em seus valores”, exemplifica a professora.
Pâmella ainda destaca que com relação a diferença de preços entre os estabelecimentos pesquisados, a pesquisa mostra que a batata inglesa (40%), a banana prata (39%) e o pão francês (33%) foram os produtos da cesta básica que apresentaram maior variação.
“Isso reforça a importância dos consumidores estarem sempre atentos aos preços praticados em cada estabelecimento e pesquisar antes de fazer suas compras”, orienta.

Salário Mínimo
Ainda de acordo o levantamento realizado pelo Núcleo de Estudos e Pesquisas Econômico Sociais (NEPES) da Faculdade Una Divinópolis, em dezembro o gasto mensal da cesta básica em Divinópolis representou 43,4% do salário mínimo. Em relação ao tempo médio de trabalho necessário para adquirir os produtos da cesta básica de Divinópolis, observa -se que o seu aumento ou redução é proporcional as variações do gasto mensal da cesta. Em dezembro de 2020, o número de horas de trabalho necessárias ao trabalhador que ganha salário mínimo, para adquirir os produtos da cesta básica de alimentos foi de 95 horas e 7 minutos.

Pesquisa  
O Boletim Econômico elaborado pelo Núcleo de Estudos e Pesquisas Econômico Sociais (NEPES) da Faculdade UNA – Unidade Divinópolis, tem como objetivo fazer levantamentos de preços e fornecer informações sobre um conjunto de produtos alimentícios considerados essenciais. A metodologia utilizada para a coleta dos dados segue as orientações sugeridas pelo Departamento Intersindical de estatística e estudos socioeconômicos (DIEESE).