quarta-feira, 7 de Fevereiro de 2018 09:45h Diego Henrique

Clínica suspeita de estelionato é investigada pela PC de Divinópolis

Clientes efetuaram pagamento de tratamentos, mas a empresa fechou e os valores não foram ressarcidos

A Polícia Civil (PC) de Divinópolis investiga uma clínica dentária suspeita de aplicar golpes em clientes. Até o momento, nove vítimas procuraram a delegacia, alegando terem efetuado pagamento de tratamentos dentários, mas quando chegaram ao endereço, encontraram o estabelecimento fechado. Mesmo afirmando que os clientes seriam contatados e informados sobre o novo endereço, nenhuma das vítimas recebeu contato da clínica.

Segundo a delegada Adriene Lopes, responsável pelo caso, a Clínica Dentari funcionava na Rua Goiás, no Centro da cidade. As vítimas relataram que chegaram a consultar com profissionais da empresa e até mesmo receberam um orçamento.

“Essas vítimas iniciaram o tratamento e fizeram o pagamento total em dinheiro. Outras parcelaram o valor usando cartão de crédito e cheques, mas a clínica fechou e ficou com o dinheiro desse pessoal”, explicou a delegada.

Os clientes só perceberam que a clínica havia fechado ao chegarem ao endereço no dia marcado para consulta e encontrarem uma faixa na portaria do imóvel. “Eles deixaram uma faixa na porta com números de telefone, mas tanto o celular quanto o quanto o fixo, nenhum atende”, afirmou Adriene.

Ainda de acordo com a delegada, o prejuízo de apenas três vítimas chega a R$ 20 mil, mas o valor pode ser ainda maior, uma vez que as vítimas ainda estão procurando a delegacia para o registro de ocorrência.

A Polícia Civil já identificou três pessoas que fazem parte do quadro de sócios da empresa, elas são naturais de São Paulo e poderão responder pelo crime de estelionato. Caso o crime seja comprovado, cada sócio pode pegar de 1 a 5 anos de prisão para cada vítima lesada.

A polícia orienta aos clientes que se sentirem lesados a procurarem a Delegacia de Polícia Civil (PC) para o registro do Boletim de Ocorrência. A delegacia fica na Rua Goiás, no número 1.983.

© 2009-2018. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.