sexta-feira, 11 de Janeiro de 2019 08:21h Atualizado em 11 de Janeiro de 2019 às 10:10h. Portal G37

Crime bárbaro é registrado no bairro Recando da Praia em Formiga.

Na noite desta quinta feira (10), a Polícia Militar compareceu à Rua Celio de Oliveira Guimarães, Bairro Recanto da Praia, em Formiga, onde constatou que um homem teria cometido um homicídio e, na sequência, tirado a própria vida.

Ao chegarem ao local, os militares depararam com três pessoas caídas ao solo, uma adolescente de 17 anos de idade consciente, que apresentava uma perfuração no peito  e uma lesão na mão esquerda, uma mulher de 37 anos de idade, inconsciente, aparentemente com duas perfurações no tórax e  o autor, um homem de 45 anos, que apresentava  lesão na cabeça.

As vítimas, a mãe Milena Siqueira, de 37 anos, e filha, foram socorridas pelo Corpo de Bombeiros Militar para a Santa Casa de Caridade de Formiga, contudo a vitima de 37 anos de idade chegou ao hospital já sem vida.

Foi apurado que o autor teve um relacionamento amoroso com a vítima que faleceu e que já estavam separados e já teriam passado por situações de ameaça anteriormente.

Conforme relatado por testemunhas, o autor chegou ao local em um veículo VW/Gol, cor prata, parou bruscamente e desceu com a arma de fogo em mãos, efetuando disparos contra as vítimas e, ato contínuo,  efetuou um disparo de arma de fogo em sua cabeça.

O revólver usado no crime foi encontrado ao lado do corpo do autor. Durante buscas no veículo, foram encontrados doze estojos, um facão e medicamentos.

A perícia técnica foi acionada e, após seus trabalhos, o corpo do autor e da vítima foram  liberados para a funerária. A vítima de 17 anos de idade permanece internada, sem mais informações sobre seu estado de saúde, que até a última informação era estável.

A arma e materiais encontrados foram apreendidos e entregues na Polícia Civil.

 

 

 

 

 

 

© 2009-2019. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.