quinta-feira, 17 de Março de 2016 13:51h Secretária de Cultura de Minas Gerias

Abertura da exposição Artistas Populares do Médio São Francisco marca as comemorações do dia do Artesão e do 4º aniversário do Centro de Arte Popular-Cemig

O artesanato da região do Médio São Francisco é destaque na exposição Artistas Populares do Médio São Francisco, que será inaugurada no dia 19 de março, sábado, às 10 horas, no Centro de Arte Popular – Cemig

A exposição marca as comemorações do Dia do Artesão e o 4º Aniversário do Centro de Arte Popular – Cemig, instituição vinculada à Superintendência de Museus e Artes Visuais da Secretaria de Estado de Cultura de Minas Gerais. O Museu fica localizado à Rua Gonçalves Dias, 1608, Funcionários, fazendo parte do Circuito Liberdade. A entrada é gratuita.

A data será enriquecida com a realização da Feira de Artesanato Tradicional do Norte de Minas Gerais (dias 19 e 20), com produtos e participantes dos municípios de Cônego Marinho; Januária; Maria da Cruz; Janaúba e Pirapora.

Será promovido, ainda, o relançamento do Dicionário da Religiosidade Popular (19), de autoria de Frei Chico. A obra é um compilado de rezas, saberes populares e experiências religiosas. “O livro éresultado de 40 anos de pesquisas que se iniciaram no Vale do Jequitinhonha”, diz o autor.

A EXPOSIÇÃO

Com curadoria de Heloisa Trindade, a mostra Artistas Populares do Médio São Francisco apresenta ao público um acervo de 55 esculturas de quatro artistas populares do Médio São Francisco – José Francisco, do município de Cônego Marinho: Liko de Oliveira, de Januária: Lucindo Barbosa e Valdir Rodrigues (falecido).

As esculturas de madeira dos artistas José Francisco, Liko e Lucindo, bem como a técnica de mistura de papel, barro e cola, de Valdir, produzem uma documentação da região do Norte de Minas.

Os artistas populares desses municípios retratam em seus trabalhos aspectos de uma realidade que se transforma permanentemente, documentando através do imaginário de suas obras as paisagens físicas e culturais, os tipos humanos e costumes sociais que marcam a maneira de viver das populações locais.

O velho Chico é componente primordial do processo de criação desses artistas, servindo-lhes de subsídio para o imaginário, de fonte inspiradora para a constituição de seus sonhos e de suas obras.

A mostra Artistas Populares do Médio São Francisco  tem entrada gratuita e ficará exposição até 19 de abril de 2016, no Centro de Arte Popular - Cemig

DIA DO ARTESÃO

O Dia Artesão é uma iniciativa do Governo de Minas Gerais, por meio da Secretaria de Estado de Cultura e da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico, tendo como apoio o Instituto de Desenvolvimento do Norte e Nordeste de Minas Gerais - IDENE, o SEBRAE/MG, o Centro de Artesanato Mineiro – CEART, Fecomércio MG, Sesc e Senac.

A comemoração anual do Dia do Artesão no dia 19 de março teve início em 2004, no Palácio das Artes, sendo transferida a partir de 2006 para a Galeria de Arte Gustavo Capanema, da Assembleia Legislativa do Estado de Minas Gerais, onde permaneceu até 2011. A partir de 2012, tornou-se uma realização do Centro de Arte Popular – Cemig.

 

 

SOBRE O CENTRO DE ARTE POPULAR - CEMIG

Trata-se de um espaço privilegiado de divulgação da riqueza e diversidade da cultura popular mineira, tendo um acervo que conduz o visitante ao mundo do imaginário de diferentes artistas. Por meio das obras, o público é conectado às origens, histórias e crenças de um povo que traz nas mãos um sincretismo cultural próprio, brasileiro.

Segundo Andréa de Magalhães Matos, superintendente de Museus e Artes Visuais, “a arte popular é uma das mais significativas e criativas expressões culturais mineiras. Por isso, devemos sempre comemorar iniciativas como a mostra Artistas Populares do Médio São Francisco, que oferece oportunidade de exibição ao público de um belo e importante acervo e de dar visibilidade ao trabalho de diversos segmentos da arte popular mineira em um espaço único como o Centro de Arte Popular – Cemig”.

© 2009-2016. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.