segunda-feira, 26 de Setembro de 2016 12:20h SEC

Biblioteca Pública realiza exposição e palestra que abordam a arte da dança

Mostra fica no Hall de Coleções Especiais até 1º de outubro e bate-papo acontece no dia 27 de setembro, às 15h

Com a proposta de contar a história da dança em todos os tempos e lugares, bem como apresentar os artistas mais ilustres que fizeram e fazem esta arte, a Biblioteca Pública Estadual Luiz de Bessa realiza a exposição “Dança: a arte que se faz no ato”.

 

Composta por mais de 130 livros, pranchas e registros fotográficos, a mostra fica aberta ao público até o dia 1º de outubro, no Hall das Coleções Especiais, de segunda a sexta-feira, no horário de 8h às 18h, e no sábado, de 8h às 12h. A entrada é franca.

 

Ao visitar a mostra, o público faz um passeio pela história da dança, através de imagens e documentos que apresentam os principais expoentes mundiais dessa arte.

 

A exposição destaca também como a dança promove a inclusão, como conta a coordenadora do Setor de Coleções Especiais, Eliani Gladyr. “Através de bailarinas obesas e cadeirantes e da história da primeira bailarina negra podemos compreender o caráter diverso e abrangente dessa arte”. 

 

Palestra “Dança – linguagem e expressão”

No dia 27 de setembro, às 15h, acontece a palestra “Dança – linguagem e expressão”. Paulo Chamone, artista multimídia, bailarino, coreógrafo, ator e cineasta ministra o encontro que traz aspectos relevantes da dança profissional, percorrendo os períodos entre o fim do século XIX até os dias atuais.

 

O artista, que atua há mais de trinta anos nos cenários nacional e internacional de artes cênicas, e com mais de sessenta obras em sua trajetória, antecipa o formato do encontro. “A palestra terá um clima de bate-papo, no qual contarei um pouco da trajetória dessa arte e dos métodos utilizados em seus processos de criação. Além disso, o momento será permeado por apresentações feitas pelo coletivo O Rio e com o bailarino Giuli Lacorte”.

 

Outro palestrante confirmado é o ator, diretor, professor e pesquisador Marcelo Cordeiro. Inserido no mundo das artes cênicas há 22 anos, foi bailarino da Cia de Dança Palácio das Artes e do Ogawa Butoh Center. Atualmente desenvolve sua pesquisa de pós-doutorado na Faculdade de Letras da UFMG, além de trabalhos artísticos no país e no exterior.

 

Serviço: Exposição “Dança: a arte que se faz no ato”

Data: até 01 de outubro

Horário: Segunda a sexta-feira, das 8h às 18h – Sábado, das 8h às 12h

Local: Hall de Coleções Especiais, Praça da Liberdade, 21

Entrada gratuita

Informações: 3269-1204

 

Serviço: Palestra “Dança – linguagem e expressão”

Data: 27 de setembro

Horário: 15h

Local: Hall de Coleções Especiais, Praça da Liberdade, 21

Entrada gratuita

Informações: 3269-1204

© 2009-2016. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.