Cantora Vanusa morre em casa de repouso aos 73 anos, na madrugada deste domingo em Santos.

Enfermeiro da instituição percebeu que a cantora não respirava e acionou apoio médico.

08 NOV 2020

ILÍDIO LUCIANO

A cantora Vanusa, que fez sucesso a partir da reta final da Jovem Guarda, nos anos 60 e 70 faleceu em uma casa de repouso, na cidade de Santos – SP na madrugada deste domingo (08/11).

A artista estava internada na instituição há dois anos, e por volta das 5h30 deste domingo, um enfermeiro esteve no quarto de Vanusa e percebeu que ela estava sem respiração. O enfermeiro acionou uma equipe médica da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) que atestaram o óbito, por insuficiência respiratória.

No mês de outubro a cantora precisou ser internada em um hospital santista, pois apresentava quadro de pneumonia grave.

As duas filhas da cantora, com o também cantor da Jovem Guarda Antônio Marcos, Amanda e Aretha e o filho dela, o ator Rafael Vanucci homenagearam a mãe nas redes sociais.

Aretha Marcos escreveu que hoje era o aniversário de Antônio Marcos, que se estivesse vivo completaria 75 anos.

Ao longo da carreira Vanusa gravou 20 discos e vendeu mais de três milhões de exemplares. Entre suas músicas de sucesso estão: Manhãs de setembro, Paralelas, Para nunca mais chorar. Em 2009 foi alvo de muitas críticas e memes por ter errado a letra do hino nacional em uma cerimônia no estado de São Paulo.

© 2009-2020. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.