quinta-feira, 7 de Janeiro de 2016 11:56h Atualizado em 7 de Janeiro de 2016 às 12:05h. Alana Gandra - Repórter da Agência Brasil

Edital encerra, na sexta, inscrição para projetos culturais no ano olímpico

Terminam amanhã as inscrições para a seleção pública Viva o Talento

Edição Cidade Olímpica, lançado pela Secretaria Municipal de Cultura do Rio de Janeiro para ocupação dos equipamentos culturais da cidade entre maio e setembro deste ano, nos períodos que antecedem e coincidem com os Jogos Olímpicos e Paralímpicos.

Segundo informou ontem (6) o coordenador de Equipamentos Culturais da secretaria, Robson Camilo, o edital foi criado com o objetivo de fomentar os centros culturais e as bibliotecas municipais. O edital Viva o Talento! está em sua terceira edição. A seleção é voltada para todos os artistas cariocas que queiram desenvolver seus trabalhos nesses espaços. Na versão deste ano, o foco é a Olimpíada, por esse motivo a ocupação dos equipamentos é prevista até o encerramento da Paralimpíada, em setembro.

São aceitos projetos em quatro linhas de ação: música, educação, multilinguagem e dança. As propostas de dança se destinam à ocupação do Centro Coreográfico, localizado na Tijuca, zona norte do Rio. A linha de música engloba duas frentes: o pequeno circuito, que abrange três espetáculos em locais pré-determinados pela secretaria, e música erudita, de câmara, que ocorre também em dois espaços indicados.

Os projetos educativos ocorrem em todos os centros culturais e bibliotecas municipais. Na linha de multilinguagem, a intenção é selecionar trabalhos que têm uma linguagem múltipla, ou seja, que envolvem ações de várias expressões artísticas. As apresentações serão nos centros culturais. Camilo explicou que exposições de fotos e esculturas podem também ser contempladas dentro da linha de multilinguagem, mas desde que estejam associadas a outra expressão artística, como dança, música ou teatro, por exemplo.

Camilo informou que a inscrição é muito simplificada. O proponente deve entrar no endereço rio.rj.gov.br/web/smc na internet e preencher o formulário. Até agora, foram recebidas perto de mil inscrições. O resultado deve ser divulgado a partir do dia 15 de fevereiro.

Os projetos receberão apoio cultural que varia de R$ 1 mil a R$ 15 mil, dependendo de cada linha de ação. O valor do patrocínio depende também da periodicidade de apresentações do trabalho, esclareceu o coordenador. Os únicos patrocínios que têm valores fechados são os de multilinguagem (R$ 15 mil) e a linha de música para pequeno circuito (R$ 9 mil por projeto).

Associações, cooperativas, organizações não governamentais (ONGs) e empresas culturais estabelecidos na cidade do Rio de Janeiro e com Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica (CNPJ) podem participar da seleção, que está aberta também para micro empreendedores individuais (MEI). Cada proponente pode inscrever até cinco projetos, sendo que, no máximo, serão selecionadas três propostas.

No total, na área de cultura, a prefeitura vai investir este ano R$ 17,7 milhões em ações que vão se estender até o fim dos Jogos Paralímpicos. A programação apresenta cinco níveis de ação, que são o Fomento Cidade Olímpica, onde se insere a seleção pública Viva o Talento!; o Festival Cidade Olímpica; o Circuito Cultural Cidade Olímpica; e o Passaporte Cultural Cidade Olímpica.

© 2009-2016. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.