Férias Gravatá continua apresentando a diversidade cultural de Divinópolis.

 

 

O projeto Férias Gravatá, promovido pela Secretaria Municipal de Cultura (Semec), continua apresentando a diversidade cultural do município. A proposta começou em janeiro e encerra-se em 9 fevereiro. Os ingressos custam R$ 30 inteira e, R$ 15 meia ou antecipado, e devem ser adquiridos na bilheteria do teatro ou na Boutique do Livro.

Vários gêneros são contemplados no projeto realizado no Teatro Municipal Usina Gravatá, como infantil: improviso, drama, comedia, stand-up, teatro de bonecos e palhaçaria.

Nesta quinta (23/01), às 20h, com classificação livre, será a exibição da peça A Farsa. Baseada em uma notícia publicada em 2016, aborda diversas questões atuais.

Na sexta-feira (24/01), às 20h, também com classificação livre, Pimpão e Fumaça estão comemorando seus 25 anos de carreira e trazem ao palco O Show Para a Família, de palhaçaria e música.

“Desculpa Estamos Testando”, onde os grandes nomes do stand up mineiro se reuniram em um show para fazer piadas e filmar para postar na internet. A apresentação será em 25 de janeiro, às 20h, com classificação de 14 anos.

Já  em 26 de janeiro, às 20h, com classificação de 10 anos, a Cooperativa de Teatro convida atores de várias companhias para juntos fazerem uma comédia improvisada e bem humorada, chamados Os ImprovisAtores.

Em 30 de janeiro, às 20h, com classificação livre, acontece o espetáculo: Os Saltimbanco. Através da música, um grupo de animais canta as suas angústias e resolvem se unir contra a exploração realizada por seus patrões.

Finalizando o mês, em 31 de janeiro, às 20h, com classificação de 14 anos, será a apresentação dos Os Insanos in Cena, o espetáculo retrata cenas cotidianas.

Fevereiro

As apresentações continuam no mês de fevereiro. No primeiro dia do mês, às 16h,  classificação livre, tem os três irmãos porquinhos em busca de aventura e a perseguição de um lobo mau atrapalhado. Logo após, às 20h, também com classificação livre, terá a comédia: Entre o Céu, o Inferno e o Picadeiro. Uma narrativa que se passa em um picadeiro de um circo mequetrefe.

No domingo (02/02), às 20h, com classificação de 10 anos, acontece o espetáculo: Ê Família. Uma história especial que leva o público a uma viagem à década de 80/90.

Já em 6 de fevereiro, às 20h, com classificação livre, será a história de luta da: A Formiguinha e a Neve. Uma formiguinha que tenta sobreviver ao inverno rigoroso.

Em 7 de fevereiro, às 20h , com classificação livre, será apresentado o Sarauzinho em Libras. Um espetáculo totalmente inclusivo, para crianças surdas e ouvintes.

O Entre Quatro Paredes, onde três personagens que após a morte são condenados a viver juntos para sempre, em uma sala fechada, será em 8 de fevereiro, às 20h.

O encerramento do projeto será em 9 de fevereiro, com duas apresentações. Às 16h, com classificação livre, o espetáculo infanto-juvenil,O Melhor Brinquedo, que aborda questões como o incentivo à leitura e o bullying. Logo após, às 20h, com classificação de 14 anos, é a vez da Menina Veneno - espetáculo que se passa nos anos 80.

© 2009-2020. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.