segunda-feira, 15 de Fevereiro de 2016 12:19h Secretária de Cultura de Minas Gerias

Filme em Minas viabiliza restauração da última produção de Humberto Mauro

“A noiva da cidade” foi filmado em 1978 e chega ao público no próximo dia 20, através de cópias em DVD

O programa Filme em Minas, da Secretaria de Estado de Cultura, viabiliza restauração de longa metragem de Humberto Mauro, cineasta precursor da sétima arte no Estado que inspirou gerações por vir. “A noiva da cidade" somente agora, 37 anos depois, chega para apreciação do grande público através do empenho do historiador mineiro André Martins Borges. O DVD será lançado no próximo dia 20, em Volta Grande

A obra está sendo recuperada pelo Museu de História e Ciências Naturais e tem Elke Maravilha no papel principal. Com trilha original de Chico Buarque e Francis Hime, o enredo trata da história de uma famosa atriz que volta à sua cidade natal em busca de refúgio, mas a aventura parece impossível, pois toda a cidade se apaixona por ela.

Profícuo entendedor de história, André Martins reconhece a importância da preservação e resgate de traços que constroem a identidade mineira e vem trabalhando com preservação da memória audiovisual desde 2005, sempre contando com os incentivos da SEC, por meio da Lei Estadual de Incentivo à Cultura (LEIC). Mas foi somente para o trabalho com o último roteiro de Humberto Mauro que Martins usou dos recursos advindos do Filme em Minas.

“Foi uma grata descoberta o conhecimento da categoria ‘preservação da memória’ do Filme em Minas, uma vez que o edital permite e realiza uma distribuição mais igual dos recursos destinados ao audiovisual para uma parcela maior de profissionais da área. Não somente os grandes produtores têm acesso aos recursos, mas também aqueles que tinham dificuldade de captar apoio junto ao mercado. Estou ansioso pelas próximas edições do programa”.

 

Martins descobriu uma única cópia do filme, em Betacam, na Cinemateca do Museu de Arte Moderna (MAM) do Rio. Os recursos do Filme em Minas, no valor de R$39 mil, serviram para restaurar e digitalizar a cópia da fita, que já estava em estado terminal. O processo de digitalização já está na fase final.

2 mil cópias em DVD e 300 em blu-ray de “A noiva da cidade” serão distribuídas gratuitamente para entidades educacionais e culturais em Minas Gerais e demais estados.

André Martins ainda acrescentou um extra ao DVD que consiste em documentário, com entrevistas de moradores da região que participaram das gravações e com a estrela do filme - Elke Maravilha -, bem como um making of com as curiosidades das gravações.

© 2009-2016. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.