terça-feira, 1 de Março de 2016 14:03h Agência Minas

Músico Severino Filho morre aos 88 anos no Rio de Janeiro

O músico Severino Filho, de 88 anos, morreu por volta das 8h30 da manhã de hoje (1), de parada cardiorrespiratória

Integrante do grupo Os Cariocas, na chamada Época de Ouro da Bossa Nova, o músico estava internado no Hospital Quinta d'Or, em São Cristóvão, na zona norte, desde o dia 18 de janeiro vítima de trombose pulmonar.

Pai da atriz Lúcia Veríssimo, Severino Filho era cantor, arranjador e instrumentista e já havia sido internado no final do ano passado no Hospital São Luiz, em São Paulo. Transferido para o Rio de Janeiro, o quadro do cantor se agravou desde então e no dia 29 de janeiro teve de amputar a perna direita.

Severino Filho era um dos expoentes da bossa nova, gênero musical surgido no final da década de 1950 e lançada, entre outros, por João Gilberto, Vinícius de Morais e Tom Jobim, os dois últimos também já falecidos.

Derivada do samba e com influência marcante do jazz, a bossa nova se tornou um dos movimentos mais influentes da história da música popular brasileira, ganhando reconhecimento internacional e fãs por todo o mundo.

A banda Os Cariocas chegou a ser considerada um dos maiores expoentes do gênero musical.

Apesar da gravidade do quadro do cantor, Severino Filho estava lúcido durante todo o tempo em que esteve internado.

© 2009-2016. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.