terça-feira, 9 de Agosto de 2016 12:49h FENAC

Os Paralamas do Sucesso fazem show no Fenac em Extrema/MG

O 46° Festival Nacional da Canção contará com o som dos Paralamas do Sucesso

Herbert Vianna, Bi Ribeiro e João Barone desembarcam na etapa classificatória do Fenac em Extrema no sábado (13/8) trazendo na bagagem grandes sucessos que encantaram uma geração e continuam agitando o público com músicas inconfundíveis. Os Paralamas vão fazer o Show após as apresentações dos músicos que concorrem a cinco vagas nas semifinais do Festival.

A terceira etapa classificatória do Fenac começa na sexta-feira. Ao todo foram 20 canções selecionadas e cinco serão classificadas para as semifinais em Boa Esperança (2 e 3/9), garantindo, cada uma delas, um prêmio de R$2.500,00. As apresentações acontecem na Praça da Matriz, a partir das 21h.

Este ano compositores de 24 estados brasileiros se inscreveram no maior festival do gênero no país e foram mais de duas mil músicas do mais alto nível. Apenas 100 vão participar das etapas classificatórias. A próxima cidade que vai receber o Fenac é Três Pontas (19 e 20/8), em seguida Guapé (26 e 27/8). De todas as cidades onde aconteceram as etapas classificatórias saem 25 semifinalistas que disputarão vagas na grande final (4/9) na qual os participantes garantem no mínimo R$3.500,00. No total o 46º Fenac que é apoiado pela lei estadual de incentivo à cultura de Minas Gerais vai distribuir R$ 193.000,00 e entregará o troféu Lamartine Babo ao grande vencedor.

E os Paralamas do Sucesso são fonte de inspiração de músicos de todo Brasil. Eles que apontaram na década de 1980 quando lançaram o álbum “O Passo do Lui” com uma sequência de sucessos como, “Óculos”, “Me liga”, “Meu erro” e “Romance Ideal”.  Com isso, Extrema vai contar com o rock nacional de primeiríssima qualidade.

Cultura na rua

Simultaneamente ao Festival Nacional da Canção acontecerá durante o dia, na Praça Coronel Simeão, em Extrema, o Festival Nacional da Cultura que está completando 7 anos de trajetória.  O público vai acompanhar o que há de melhor na música clássica, instrumental, teatro e dança. O evento encanta por ser uma opção cultural diferenciada, raramente oferecida para a população desses municípios.

© 2009-2016. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.