sexta-feira, 4 de Março de 2016 11:56h Agência Brasil

Polícia recupera obras sacras em antiquário no Recife

A Polícia Federal cumpriu hoje, no Recife, seis mandados de busca e apreensão e quatro de condução coercitiva, com o objetivo de recuperar obras sacras furtadas da igreja do Convento Santo Antônio

Duas estátuas foram encontradas durante a Operação Sétimo, batizada em referência ao sétimo mandamento da Igreja Católica: não roubarás.

As obras são tombadas pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional. Foram recuperadas em uma loja de antiguidades. O dono da loja e mais 3 pessoas foram levadas à sede da PF para prestar depoimento e, em seguida, foram liberados.

As imagens recuperadas são de Nossa Senhora do Rosário e de Santo Antônio. Em novembro do ano passado uma primeira estátua, de São Bernardino, foi encontrada e devolvida. Outros oito objetos do convento Santo Antônio continuam sumidos, como uma coroa de espinhos de metal e uma imagem de Nossa Senhora do Carmo.

Os furtos ocorreram entre 2009 e 2010. De acordo com a Polícia Federal, o tempo entre o roubo e a recuperação dos bens é grande porque duas pessoas investigadas no caso - que poderiam levar a outros criminosos e aos objetos – morreram. Dessa forma, a investigação precisou seguir outros caminhos.

No banco de dados de bens culturais procurados do Iphan, 1644 objetos estão registrados como desaparecidos em todo o Brasil. Em Pernambuco, 60 obras são procuradas.

© 2009-2016. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.