SBT e Chaves negociam volta do seriado mexicano a emissora de Silvio Santos

Informação foi dada por Ricardo Feltrin, colunista do UOL

14 FEV 2021

CARLOS HENRIQUE MONTEIRO

O Colunista do UOL, Ricardo Feltrin, apurou que o SBT negocia o retorno dos seriados Chaves e Chapolin a emissora brasileira. 

Desde primeiro de agosto de 2020, o seriado mexicano não passa mais no SBT. Por divergências contraturais entre SBT, Televisa e Grupo Chespirito, que é administrado pelo filho do ator, falecido em 2014, a obra de Bolaños acabou saindo do ar. 

O SBT já vem reforçando sua programação, com a recompra de séries clássicas, como "Eu a Patroa e as Crianças", "Um Maluco no Pedaço", "Visões da Raven", "A Casa da Raven" e "Cory na Casa Branca". A Record vem constantemente tirando pontos no ibope da emissora de Silvio Santos, e todos estão muito preocupados com isso, e esperançosos que as séries, em especial a mexicana, que por anos foi o super trunfo do homem do baú, possam reverter o quadro. 

É bom salientar, que mesmo se sair mesmo o acordo do SBT com a família Bolaños, ele não será mais pelo valor quase irrisório que SBT e Televisa pagavam pelos episódios, haja vista que a principal razão para Chaves e Chapolin saírem da grade, era que o grupo da família de Chespirito exigia ser melhor recompensado pela exibição do humorístico. 

© 2009-2021. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.