quarta-feira, 9 de Setembro de 2015 13:51h

1,6 mil pessoas tiveram dengue na cidade em 2015

A Diretoria de Vigilância em Saúde da Secretaria Municipal de Saúde de Divinópolis (Semusa) acaba de divulgar nesta quarta-feira (09/09) mais um boletim da situação da dengue na cidade O número de casos confirmados de dengue é de 1.606

O que dá uma média de 200 casos registrados por mês. O número de casos notificados desta doença também é alto e chega a 2.045 notificações.

Entre as regiões com a maior quantidade de casos confirmados de dengue estão o Centro com 137 casos, Icaraí com 93, Niterói com 74 casos e Bom Pastor com 68.

Alerta

Com o início do período chuvoso e das estações mais quentes do ano o quadro de atenção fica redobrado. Qualquer recipiente, por menor que seja, pode se tornar num potencial criadouro do mosquito Aedes aegypti, causador da dengue e de outras enfermidades como a febre chikungunya e zika.
A Semusa continua com suas ações rotineiras e estratégicas para minimizar os riscos da incidência destas doenças em Divinópolis, mas é fundamental o envolvimento da população. Isto porque 93% focos onde o mosquito podem se desenvolver estão dentro das residências.

LIRAa
A previsão da Semusa é que mais uma etapa do Levantamento de Índice Rápido do Aedes aegypti e do Aedes albopictus-LIRAa seja realizado no próximo mês de outubro. O LIRAa tem como objetivo verificar o índice de infestação geral do mosquito, por região do município, e quais os recipientes predominantes utilizados para seu desenvolvimento. As informações obtidas possibilitarão intensificar as ações nos locais com maior presença do vetor.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.