terça-feira, 28 de Abril de 2015 10:49h Atualizado em 28 de Abril de 2015 às 10:52h. Mariana Gonçalves

1° Simpósio sobre DST/AIDS, Hepatites Virais e Direitos Humanos será realizado em maio

O 1º Simpósio DST/AIDS, Hepatites Virais e Direitos Humanos, será realizado no dia 5 de maio, na sede da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) – localizada na Rua Alagoas, nº 60, às 19h

O evento é gratuito, no entanto, a organização está pedindo a colaboração dos participantes com a doação de um 1 kg de alimento não perecível. Os donativos serão entregues a entidades carentes da cidade. Haverá a emissão de certificados para os participantes.
A ideia para realização do simpósio veio de um projeto da Universidade Federal São João Del Rei (UFSJ)– campus Divinópolis. A ação foi abraçada pela Secretaria Municipal de Saúde (Semusa), por meio do Centro de Testagem e Aconselhamento (CTA) da Diretoria de Atenção Primária, pelo Movimento Gay de Divinópolis (MGD), dentre outras entidades.
Além da realização de testes rápidos e de palestras sobre prevenção de DST, o evento trará também um momento sobre Direitos Humanos, no qual a discussão será voltada para os direitos do ser humano dentro do HVI. Ou seja, quais direitos esses cidadãos têm em relação a tratamentos e outras especificidades. 
Para o presidente do MGD, José Marcelo, esse evento irá ajudar principalmente o sistema de saúde do município, pois irá permitir uma maior divulgação das informações referentes à prevenção de doenças sexualmente transmissíveis. “Deixo o convite para que a população participe, é uma necessidade de todos nós tentarmos diminuir o número de portadores do vírus HIV. O Centro de Testagem e Aconselhamento (CTA) vinculado a Secretaria de Saúde, tem feito visitas a vários pontos da cidade levando os serviços do teste rápido.”
“Nós do movimento continuamos a nossa prevenção noturna em bares, boates, e com as profissionais do sexo, ajudando a complementar as atividades do CTA. Mas, é preciso que a população participe mais desse trabalho e nos ajude a difundir ainda mais informações”, destaca.

 

DISCUSSÃO

O fundador do Movimento Gay da Região das Vertentes (MGRV), Carlos Bem, na cidade histórica de São João del-Rei é um dos indicados para compor a pasta de DST/AIDS do Governo de Minas Gerais. Ele será o palestrante durante o simpósio. Na ocasião, acadêmicos da UFSJ farão uma pesquisa entre participantes do encontro.

 

PREVINA-SE

As doenças sexualmente transmissíveis (DST), conhecidas por doenças venéreas, são transmitidas essencialmente pelo contato direto, mantido através de relações sexuais onde o parceiro ou parceira necessariamente porta a doença, e indireto por meio de compartilhamento de utensílios pessoais mal higienizados (roupas íntimas), ou manipulação indevida de objetos contaminados (lâminas e seringas).

A forma mais eficiente de prevenção a AIDS e outras doenças sexualmente transmissíveis é o uso da camisinha em todas as relações sexuais. Se utilizado corretamente, o risco de transmissão cai para 5%. Isso porque algumas doenças podem causar feridas em regiões não cobertas pelo preservativo.

O preservativo está disponível nas unidades básicas de saúde, centros de testagem e aconselhamento, serviços especializados, bancos de preservativos. Além disso, é distribuído em ações de prevenção realizadas por organizações não-governamentais parceiras e em escolas que trabalham com o programa Saúde e Prevenção na Escola.

 

Crédito: Mariana Gonçalves

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.