quinta-feira, 23 de Abril de 2015 13:23h

129 casos de dengue confirmados em Divinópolis

Em decorrência do recesso e feriado verificado nos dois primeiros dias desta semana, quando não houve expediente na Prefeitura de Divinópolis

Em decorrência do recesso e feriado verificado nos dois primeiros dias desta semana, quando não houve expediente na Prefeitura de Divinópolis, os dados da dengue divulgados no fim da manhã desta quarta-feira (22/04) correspondem aos dados tabulados na quinta e sexta-feira da semana passada.

Os novos números revelam que os casos confirmados de dengue passaram de 103 para 129. Já o número de notificações evoluiu de 422 para 496 casos suspeitos da doença.

A região central da cidade, com 58 casos, é a primeira no maior número registro desta doença em Divinópolis. Não muito atrás está o bairro Icaraí com 34 casos de dengue. Na terceira colocação do ranking da dengue está o bairro Belvedere com 21 casos.

O número de casos confirmados e suspeitos pode ser ainda maior, uma vez que nem todos são devidamente comunicados à Secretaria Municipal de Saúde. Para atender a suas estratégias de combate a dengue, a Diretoria de Vigilância em Saúde da Semusa adota o critério definido pelo Ministério da Saúde que sugere que a cada notificado há, pelo menos, mais 10 que não foram registrados.

“Em relação a 2014 os números da dengue são menores, mas a doença está aí e por qualquer descuido pode ampliar o número de pessoas doentes. A vistoria sistemática de casas e quintais é a medida mais adequada para se prevenir contra esta doença”, alerta a coordenadora da vigilância em saúde, Celina Pires.

Em Minas Gerais já são mais de 16.100 de casos confirmados da doença e pelo menos 12 pessoas teriam morrido no Estado vítimas da dengue. Destes um óbito foi registrado na região Centro-Oeste, na cidade de Iguatama a 118,1 km de Divinópolis.


Crédito das Fotos: Semusa/Vigilância Ambiental

Leia Também

Imagem principal

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.