segunda-feira, 3 de Outubro de 2016 13:59h PMD

26 escolas receberam obras de acessibilidade

Vinte e seis unidades escolares da rede municipal receberam, desde 2009, inúmeras obras de acessibilidade. Rampas, banheiros, portas e bebedouros acessíveis foram implantados nas escolas, Centros de Educação Infantil (Cmei) e no Centro Especializado de Atendimento Educacional (CEAE). Investimento realizado pela Prefeitura de Divinópolis e gerenciado pela Secretaria Municipal de Educação (Semed) proporcionou a inclusão social.

 A Escola Municipal Raio de Sol, especializada no atendimento de alunos especiais, foi uma das unidades que receberam obras de acessibilidade. Rampas de acesso a todo ambiente escolar com piso anti-aderente/corrimões, banheiro acessível, portas adaptadas para cadeira de rodas, bebedouro acessível e cadeira de rodas.

 A Escola Municipal Padre João Bruno recebeu rampas de acesso, bebedouro acessível, banheiro, mesas para cadeirante e sala recurso. A Escola Municipal Padre Guaritá tem ganhou rampas de acesso, banheiro acessível, bebedouro acessível, portas adaptadas e sala recurso.

 Também receberam obras de acessibilidade as escolas: Adolfo Machado, Antonieta Fonseca, Benjamin Constant, Bom Pastor, Dona Maria Rosa, Herbert de Souza, José Quintino Lopes, João Severino de Azevedo, Maria Fonseca Peçanha, Oribes Batista Leite, Professor Odilon Santiago, Professor Paulo Freire, Professora Hermínia Corgozinho, São Geraldo, São José, Maria de Lourdes Teixeira, Otávio Olímpio de Oliveira, Sidney José de Oliveira, José Carlos Pereira, Veneza Guimarães de Oliveira e Centro Técnico Pedagógico (Cetepe).

 Além das escolas, seis Cmeis foram construídos de acordo com as leis de acessibilidade. Portão de acesso com rampas, terreno plano em todo ambiente escolar, banheiro acessível feminino e masculino, bebedouro acessível e portas adaptadas em todo ambiente escolar.

“A acessibilidade é o primeiro passo para a inclusão de fato e de direito. Não adianta termos leis que em seu comando legal exijam acessibilidade, é preciso ações que coloquem este respeito ao cidadão de fato”, ressaltou a secretária municipal de Educação, Rosemary Lasmar.

© 2009-2016. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.