quinta-feira, 1 de Junho de 2017 09:02h Atualizado em 1 de Junho de 2017 às 09:04h. Mariana Gonçalves

47 anos de um rodeio que conquistou Divinópolis

Com o título de maior rodeio de Minas Gerais, a 47ª Divinaexpo mais um ano chegou com tudo, reavivando a cultura antiga dos boiadeiros, com atrações que vão desde o rodeio profissional em touro e cavalos a uma gama de atividades para entreter a população da cidade e de diversas outras regiões do estado, e até mesmo do país, que, nas últimas semanas de maio à primeira semana de junho, vêm para Divinópolis viver um mix de emoção e adrenalina.

A cada ano inovando, o Parque de Exposições, local que sedia toda essa festa, vem sendo modificado de acordo com as necessidades de atendimento da população, ano passado, por exemplo, a direção do Sindicato Rural, por meio do Presidente Irajá Nogueira, tomou a frente de um projeto ousado e que transformaria o visual do parque, devido ao crescimento do público no evento, a antiga área, redonda, teve que ser aterrada para que fosse criado um novo espaço que, além de proporcionar um aumento na qualidade dos rodeios, trouxesse ainda conforto e maior segurança às pessoas que ali estivessem. Além disso, outro ganho estrutural foi a construção de um novo pavimento de banheiros.

Para este ano, o presidente Irajá Nogueira atendeu a uma grande necessidade da população, a cobertura da área de arquibancadas, com isso, o público não ficará mais exposto diretamente ao sereno e nem à chuva, caso São Pedro resolva, mais uma vez, abençoar o céu do Divino.

PARQUE DE EXPOSIÇÕES

O terreno onde hoje é o Parque de Exposições foi adquirido por meio de doação de fazendeiros associados, antes desta época, o rodeio acontecia no Centro da cidade, segundo destacou Irajá Nogueira . “Estou desde 1998 à frente da presidência do Sindicato, e eu sempre procurei, cada vez mais, profissionalizar a festa. Procuramos sempre evoluir, tanto na parte de rodeio quanto de shows, a queima do alho, palco de novos talentos e também o espaço da criança dentro desta festa, onde nós criamos o rancho do peãozinho”, afirma.

PBR

O Professional Bull Riders (PBR) – circuito mundial de rodeio está presente somente nas maiores festas de peão do Brasil, e há seis anos a Divinaexpo passou a integrar e sediar uma das etapas que compõem este circuito, cujo final se dá no mês de outubro, em Las Vegas. Competidores que participam da etapa de Divinópolis e conseguem uma boa classificação garantem sua vaga na etapa da festa de Barretos e, caso lá consiga atingir a pontuação necessária, eles podem chegar à grande final, nos Estados Unidos. Por falar nos reis da arena, Irajá destacou alguns dos importantes nomes que já passaram pela arena da Divinaexpo. “João Ricardo Vieira, Guilherme Marques, que já veio em Divinópolis vários anos e foi campeão na final, então, do time do top 40 da PBR, os melhores peões todo ano vêm a Divinópolis”, comenta.

QUEMA DO ALHO

A tradicional Queima do Alho, além de ser um grande fomento à culinária antiga dos tropeiros, pois reúne várias comitivas, que preparam cardápios típicos dos tempos em que os boiadeiros seguiam viagem pelas estradas do país, e ainda um evento solidário. A organização da Divinaexpo todo ano destina o dinheiro arrecadado com a venda de ingressos para instituições filantrópicas da cidade, neste ano, por exemplo, a Divinaexpo, por meio da Queima do Alho, irá beneficiar o Instituto Helena Antipoff /APAE, Hospital do Câncer e a Clínica São Bento Menni. O ingresso antecipado é R$40, o evento será realizado no dia 3 de junho.

© 2009-2020. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.