terça-feira, 25 de Agosto de 2015 13:34h

AABB Comunidade comemora 13 anos

O projeto AABB Comunidade, realizado em parceria com a Prefeitura de Divinópolis, através da secretaria municipal de Educação (Semed)

O projeto AABB Comunidade, realizado em parceria com a Prefeitura de Divinópolis, através da secretaria municipal de Educação (Semed), da Fundação Banco do Brasil, Federação Nacional das  AABBs (Fenabb) e Associação Atlética Banco do Brasil, comemora 13 anos de existência na cidade, com serviços em prol das crianças e adolescentes da cidade.
 
O Programa Integração AABB Comunidade consiste em uma proposta de complementação educacional, baseada na valorização da cultura do educando e da comunidade. Essa complementação é efetivada por meio de atividades lúdicas desenvolvidas em torno de áreas como saúde e higiene, esporte e linguagens artísticas, possibilitando a construção de conhecimentos e o acesso à cidadania.

O AABB comunidade contribui na formulação de políticas sociais que contemplem as ações de atendimento integral, melhorar o rendimento escolar das crianças e adolescentes a partir do desenvolvimento de atividades de complemento.

O publico alvo são crianças e adolescentes de ambos os sexos, na faixa de 7 a 15 anos, pertencentes as escolas municipais. Atualmente são 100 crianças cadastradas, a seleção é feita pela Semed.

São beneficiados alunos dos bairros Icaraí, Icaraí II, Candidés, Primavera, Del Rei, São Simão, Lagoa dos Mandarins, São Caetano, Eldorado. As escolas que o programa atende são: Escola Municipal Sidney José de Oliveira, Escola Municipal João Gontijo da Fonseca, CETEP e Escola Municipal São Sebastião.

A secretária municipal de Educação, Rosemary Lasmar, explica a parceria para o projeto comemorar os 13 anos de atuação na cidade. “A prefeitura de Divinópolis paga o transporte dos alunos, a alimentação (lanches e almoço), os educadores e auxiliares de secretaria e de serviços gerais e a Fenabb e Banco Brasil, fornecem material pedagógico, kits de uniforme inverno, verão e de natação, objetos de uso pessoal e a  AABB fornece o espaço, água, luz , telefone, gás de cozinha e manutenção dos bens permanentes”, conclui Rosemary Lasmar.

A secretária explica ainda que os professores do projeto são capacitados pela Pontifícia Universidade Católica (PUC) de São Paulo, com cursos à distancia e presenciais.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.