segunda-feira, 27 de Junho de 2016 17:31h Prefeitura de Divinópolis

Aberta a II Semana de Combate ao Diabetes

População já conta com orientações sobre a doença no quarteirão fechado da rua São Paulo

Foi aberta oficialmente nesta segunda-feira (27/6), no plenário da Câmara Municipal, a II Semana Municipal para Educação e Combate ao Diabetes. Este evento inédito na região Centro-Oeste e se estenderá até 1º de julho.

 

“Quando observamos o grande número de pessoas com esta doença e, principalmente, que apresentavam sequelas em decorrência dela surgiu a necessidade, junto com parceiros, de instituir a Semana Municipal para Educação e Combate ao Diabetes com o objetivo de estimular o debate sobre esta doença e orientar a população”, explica o diretor executivo do Consórcio Intermunicipal de Saúde da Região do Vale do Itapecerica (CISVI), Marco Aurélio de Oliveira.

 

 

 

A II Semana Municipal para Educação e Combate ao Diabetes é composta por várias atividades. Dentre elas, está à realização de um simpósio que envolverá autoridades tanto da área da saúde como do judiciário de Minas Gerais que debaterão o tema: “Direito à Saúde com ênfase na Judicialização”. Vários cursos de capacitação para os profissionais que atuam na área da saúde, como foco na diabetes, também serão oferecidos durante estes cinco dias de encontro.

 

A população, foco desta semana de discussões, conta com orientações e exames rápidos que serão oferecidos em tendas que ficarão dispostas na região da Câmara de Vereadores durante todos os dias deste evento.

 

 

 

“A diabetes é uma doença muito séria e que as pessoas não dão a devida atenção a ela. Com base nisso, e durante todo mês, as unidades de saúde de Divinópolis estão desenvolvendo atividades informando sobre a diabetes. O que vem sendo feito com palestras, roda de conversas, discussões e medidas preventivas como controle da glicose e peso”, afirmou Diretora de Atenção Primária da Semusa, Maria Ângela Alvarenga.

 

A importância dessas iniciativas é despertar o cidadão sobre os riscos da diabetes. Convencê-lo que mais que o tratamento e a medicação é o auto cuidado que faz a diferença. “Sem isso, que prevê também a mudança de hábito de vida com foco na alimentação saudável e a prática da atividade física, o tratamento fica incompleto e os resultados advindos deles ficam comprometidos”, completa Maria Ângela.

 

 

 

Associação

 

Estima-se que em Divinópolis existem, aproximadamente, 20 mil pessoas com a diabetes, número expressivo. Com base nisso um dos objetivos da Semana Municipal para Educação e Combate ao Diabetes para este ano é reestruturar a associação de diabéticos, que já existiu na cidade. A ideia é que ela seja um ente permanente de discussão e suporte para as pessoas que convivem com esta doença.

 

Em Divinópolis das duas mil pessoas que passaram pelas tendas de orientação durante a Semana Municipal para Educação e Combate ao Diabetes realizadas em 2015, 300 foram diagnosticadas com a doença. Ainda de acordo com Cisvi, 15% das pessoas que sofrem algum tipo de complicação em decorrência da diabetes são submetidas a algum tipo de amputação. O diagnóstico precoce é fundamental para a sobrevida do paciente e, principalmente, para que ele não tenha sequelas provenientes dela.

 

 

 

“Tem uma estática no mundo que mais de 500 milhões de pessoas são portadoras de diabetes. Cinquenta por cento da população não sabe ou não fez nenhum tipo de exame ou diagnóstico para ter ciência se é portador ou não de diabetes. No Brasil temos hoje nove milhões de brasileiros portadores de diabéticos e desse número 60% são mulheres e 40% homens”, conclui Marco Aurélio, justificando a realização da II Semana Municipal para Educação e Combate ao Diabetes em Divinópolis.

 

Além do Cisvi, Prefeitura de Divinópolis, Semusa e Câmara de Vereadores; apóiam esta iniciativa a Gerência Regional de Saúde, Cecon, Rotary Clube Divinópolis, Lions, Gráfica Cometa e MegaScan. A II Semana Municipal para Educação e Combate ao Diabetes é realizada nas dependências da Câmara de Vereadores.

© 2009-2016. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.