sábado, 14 de Novembro de 2015 02:09h

Acasp doa mais de R$13 mil para construção do Colégio Tiradentes

Recurso será usado para construção e compra de materiais

A Associação Comunitária para Assuntos de Segurança Pública (Acasp) doou R$13,5 mil para a Associação Feminina de Assistência Social (Afas), que é ligada ao 23º Batalhão da Polícia Militar de Divinópolis. A entidade está canalizando todos os recursos de doações e cuidando da obra da construção do Colégio Tiradentes. O recurso é proveniente da Associação Pró-Escola de Divinópolis, hoje já extinta, que nasceu dentro da Acasp, em 2007, e tinha como finalidade aporte a instituições estudantis.
O presidente da Acasp, José Levi Lucas, explica que o Pró-Escola arrecadou fundos a serem empregados na educação e esse dinheiro ficou em um banco, rendendo juros. “Desde 2007, acompanhamos com responsabilidade o crescimento do investimento, mas das questões apresentadas para aplicá-lo, nenhuma estava diretamente ligada à educação e, portanto, não aplicamos. Com a demanda de doação para o Colégio Tiradentes, julgamos pertinente, importante e fidedigna a doação”, informou.
De acordo com o ex-secretário da Pró-Escola e frequentador da Acasp, Carlos Alberto Araújo Peçanha, a doação do dinheiro foi efetivada com o aval dos envolvidos no projeto e será de grande valia para a cidade. “O Colégio Tiradentes é uma obra com repercussões permanentes na cidade. E a educação está diretamente ligada à segurança pública. Ficamos muito felizes que a Acasp pode contribuir de forma muito relevante para esse projeto”.
O comandante do 23º BPM, Tenente Coronel Marcelo Carlos, destacou que foi publicada a resolução do ato do Comando Geral da Corporação, no dia 10 de novembro, criando o 23º Colégio Tiradentes, em Divinópolis. 
A previsão de inauguração do Colégio Tiradentes se dará no próximo mês e as aulas já se iniciam em fevereiro, com seis turmas dos anos iniciais e, posteriormente, serão agregadas novas turmas.  “A parte pedagógica da criação da escola já está na Secretaria de Estado da Educação para análise e, posteriormente, será encaminhado para o Conselho Estadual de Educação, que deverá aprovar o projeto pedagógico. O processo já está em adiantado andamento e a construção da parte física dentro do cronograma”, revelou. O Tenente Coronel ressaltou a importância da doação de recursos e parceiros permanentes, como a Acasp, para a efetivação do Colégio.
O comandante salientou que há uma Comissão composta por policiais militares, oficiais e praças para acompanhar a aplicabilidade dos recursos e fiscalizar a execução da obra.

 

Implantação
Em julho deste ano, o Gazeta do Oeste trouxe a informação da implantação do Colégio Tiradentes em primeira mão. O coronel Laércio Reis, comandante da 7ª Região revelou que, entre as novidades para Divinópolis, está a vinda de uma unidade do Colégio Tiradentes. “Eu quero contribuir com investimentos que sejam permanentes, que sejam duradouros, que sejam eternos para a Polícia Militar local. Nós estamos em uma fase avançada de negociação e de aprovação do Colégio Tiradentes para Divinópolis. As coisas estão caminhando muito bem e, em breve, faremos a inauguração do Colégio Tiradentes”, adiantou.

 

 

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.