sábado, 9 de Junho de 2012 08:22h Flaviane Oliveira

ADL comemora hoje 51 anos

Na tarde de hoje, os membros da Academia Divinopolitana de Letras se reúnem para empossar a nova diretoria e celebrar os 51 anos do movimento em Divinópolis. O evento será realizado na Câmara Municipal de Divinópolis.

 


Paulo Rodrigo Natividade Milagre, atual presidente da Academia que será empossado hoje, fala sobre a participação e história da Academia em Divinópolis, “Assumi esse cargo no dia 31 de março e agora fui reeleito para uma nova gestão que é 2012 a 2013 e hoje a gente toma posse. A academia foi fundada no dia oito de junho de 1961 e então ela está completando agora 51 anos. Hoje  vai tomar posse a nova diretoria e ao mesmo tempo vamos comemorar o 51º aniversário da Academia” comemora. Foi realizado ainda um concurso para premiar escritores da região, “Nós tivemos agora um concurso de contos, sonetos, poesia, poesia livre, trovas. Os vencedores do concurso vão receber os prêmios hoje” conta Paulo.

 

O atual presidente falou ainda da importância da academia para o município, “A academia hoje é um fator muito importante na cidade. O que a gente quer mostrar é que nós vamos fazer a academia se mostrar cada dia maior. Vai ser uma academia que não vai ser mostrada simplesmente como um local onde as pessoas se reúnem para tratar de literatura. Vai ser uma coisa que eu quero levar para ir ao encontro da sociedade” ressalta os planos da nova direção.

 

A  Academia conta hoje com 35 acadêmicos. Pelas cadeiras já passaram célebres divinopolitanos, “Já tivemos Pedro Xisto Gontijo, Dom Belchior da Silva Neto, que foi Bispo, Mercemiro Oliveira Silva que faz parte  da academia, temos o professor José Dias Lara que também faz parte da academia, Vinícius Peçanha, temos Jadir Vilela que foi um fenômeno da literatura de Divinópolis, Sebastião Milagre. São vários e é até difícil enumerar porque são muitas pessoas que passaram pela academia e deixaram a sua marca, não só na parte literária, mas também como um exemplo de vida, de seriedade, de honestidade e de boa índole” recorda Paulo.

 

METAS E AÇÕES

 

Filho de Sebastião Bemfica Milagre, um dos fundadores da Academia Divinopolitana, Paulo relembra com orgulho os trabalhos da Academia em Divinópolis, “A Academia foi fundada a minha casa, na Getúlio Vargas, esquina com João Notini. O meu pai que foi o idealizador da academia que sugeriu isso para os outros colegas dele. Na época era o Jadir Vilela de Souza, o José Maria Álvares da Silva Campos e o Carlos Altivo que se juntaram e fundaram a Academia que tem por objetivo preservar, divulgar e estudar a parte literária. Não acredito que o objetivo deles para a Academia fosse somente lidar com a literatura. Acredito que por serem pessoas voltadas para a cultura, a instrução, acho que tinham um objetivo muito maior e voltado para a cultura da cidade” explicou.

 


Dentro desta afirmação, Paulo falou ainda dos projetos para o novo mandato. O presidente ressaltou   que em sua gestão pretende trabalhar e levar a academia ao encontro da sociedade, para um contato maior com a literatura, mas também fazendo ao mesmo tempo um trabalho paralelo nesse sentido de abrangência cultural mais ampla, “Vamos começar agora no Fórum de Divinópolis, vamos implantar no dia 18 o primeiro Varal de Poesias no fórum. O juiz, o advogado, o promotor,o estagiário ou aqueles que  circulam no fórum, podem levar o seu poema que ele vai ser grampeado e vai ficar pendurado para que as pessoas leiam. É assim que a gente descobre grandes escritores que ficam no anonimato” finalizou.
 

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.