sexta-feira, 6 de Novembro de 2015 09:28h Atualizado em 6 de Novembro de 2015 às 09:30h.

Agentes de saúde recolhem 200 kg de plásticos nos cemitérios

A Diretoria de Vigilância em Saúde da Semusa, por meio do seu serviço de Vigilância Ambiental, realizou um importante trabalho de conscientização no Dia de Finados

Além da orientação, os agentes voltaram ao cemitério e recolheram plásticos e garrafas nesta terça-feira.
Nos três maiores cemitérios de Divinópolis, localizados na região Central, Bairros Interlagos e Bom Pastor, agentes do combate à dengue realizaram orientações junto à população. Foram distribuídos 3 mil panfletos que levam informações sobre a doença e como evitá-la.
Nesta terça-feira, os agentes retornaram aos cemitérios e recolheram 200 quilos de plásticos, garrafas e outros objetos que poderiam acumular água. Estes materiais se constituem em focos potenciais onde o Aedes aegypti, transmissor da dengue, pode se desenvolver, de acordo com a Semusa.

 

Ações
São vários os desafios no controle e combate a dengue. Para combatê-los a Semusa utiliza estratégias diversas que vão dos trabalhos de educação em saúde indo até aos Arrastões de Limpeza. Um pouco dessa experiência de Divinópolis no combate à dengue foi exposta a mais de 70 participantes de 56 cidades presentes no Seminário Regional de Diretrizes Estaduais para o Controle da Dengue, Chikungunya e Febre Zika.
O boletim de controle da dengue em Divinópolis, divulgado na tarde desta quarta-feira, aponta que os casos da doença somam 1.636. Já as notificações chegam a 2.088.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.