sexta-feira, 26 de Fevereiro de 2016 09:25h Mariana Gonçalves

Além do festival gastronômico, grupo PDC traz extensa agenda de ações para Divinópolis

Nem bem começou o ano de 2016 e a equipe do Prato da Casa (PDC) já está com agenda lotada

Nem bem começou o ano de 2016 e a equipe do Prato da Casa (PDC) já está com agenda lotada, além do tradicional festival gastronômico, fazem parte hoje das ações da empresa: PDC seminários de capacitação, festival de cerveja artesanal, projeto de valorização da gastronomia e dos serviços do Mercado Central de Divinópolis, lançamento do livro PDC, cujo terá, por meio de receitas, a participação de bares participantes do festival, entre outras novidades contadas à nossa equipe de reportagem pelo diretor do PDC, Gustavo Bicalho. “Em abril, damos início ao Melhor do Mercado, esse ano, teremos duas edições desse projeto. Em maio, começamos o seminário Sabor e Negócio, que já está em sua terceira edição – fazemos ele em parceria com a FIEMG, o Atíla e o Afonso são grandes parceiros nossos, nos cedem a sede da Federação, e o Senac é quem nos traz o conteúdo. Ano passado, foram quase duzentos empresários da alimentação fora do lar, participando deste seminário, vieram palestrantes, como por exemplo, o Marcos Livi, proprietário de dois bases muito famosos em São Paulo. Esse ano vamos trazer grandes empresários que são associados à FIEMG”, afirma Bicalho.

 

 

 


Também em maio, está previsto a segunda edição do Cerveja em Cena – festival de cerveja artesanal, promovido em parceria com a Agência 1829, o evento será na rua, totalmente aberto à população. Ainda para esse mesmo mês, a equipe do PDC realiza o Prato Rural – festival que, hoje, é a abertura da Divinaexpo. “O festival irá acontecer do dia 25 ao dia 28, vão participar do Prato Rural 14 comunidades”, acrescenta o diretor do PDC.
No último final de semana de junho, será o lançamento do Prato da Casa de Divinópolis. Na oportunidade, será feito um encontro entre organização, patrocinadores e imprensa. O livro do PDC será oficialmente apresentado à sociedade nesta ocasião. “Tem um ano que o livro está sendo trabalhado, serão quarenta receitas de bares que já participaram do festival gastronômico (entrarão receitas até mesmo de bares da cidade de Cláudio, Paíns, Pará de Minas, alguns do Prato Rural), é um projeto bem arrojado, contamos com a Editora Guliver, Guto Paixão fará a ilustração do livro, as fotografias dos pratos foram feitas pela nossa equipe do Prato da Casa. Então, no fim de junho tem esse lançamento e no dia 1 de julho começa o PDC aqui em Divinópolis”, comenta Gustavo.

 

 

 

CODEMIG

Por falar na realização do Festival PDC, esse ano, o evento está ainda maior. O grupo PDC participou de um projeto lançado no ano passado, pela Companhia de Desenvolvimento de Minas Gerais (Codemig), onde foram classificados e agora possuem um maior campo de atuação, de acordo com o que explica Gustavo. “A Codemig dividiu o mapa de Minas Gerais em duas partes, o cerrado e onde nós estamos, e, com isso, entramos com um projeto no ano passado e fomos agraciados como sendo o único projeto para representar o cerrado todo do nosso Estado. Vamos tentar trazer para cá a cultura do cerrado, então o Prato da Casa esse ano vai trabalhar com o tema gastronomia do cerrado, todos os bares vão criar seus pratos com produtos do cerrado, não significa que serão somente pratos com pequi, por exemplo, compõe o nosso cerrado: o café, queijo canastra, milho, mandioca, carne de sol, carne seca, linguiça caseira, entre outros, o objetivo é valorizar a gastronomia do cerrado”, explica Bicalho.
Dentro do Projeto do PDC em parceria com a Codemig, será desenvolvido ainda o ‘mineirando’. “O nome mineirando vem da seguinte ideia: encontrar novos ouros/sabores da nossa região, e também, o mineirando, no gerúndio da palavra, é nós estarmos mineirando, estarmos indo para as cidades de Minas Gerais. Esse projeto estará dentro do Prato da Casa, onde algumas cidades do cerrado irão trazer seus produtos para dentro da festa de encerramento do Prato da Casa [em Divinópolis]”, salienta o diretor do evento.
Em agosto, será a festa de encerramento do Prato da Casa. Outubro está previsto a terceira edição do Cerveja em Cena.

 

 

 

REGIÃO

Como é do conhecimento de muitos, as ações do PDC também têm sido executadas nas cidades da região. O festival que encantou Divinópolis segue espalhando sabor pelo Centro-Oeste do Estado. Em junho, Cláudio receberá a sua terceira edição do Prato da Casa, segundo Gustavo, o evento tem surpreendido a equipe a cada ano. É realizado na principal praça da cidade e reúne várias pessoas.

 

 

 

MAIS FESTIVAIS

Há seis meses, a empresa PDC trouxe para Divinópolis os serviços da Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel). Para esse ano, Divinópolis receberá ainda dois grandes e importantes festivais gastronômicos. “O Juliano, do Pitangas, é o presidente, o Danilo, do Peixe Dourado, é o vice-presidente, o Henrique, o Humberto e eu, da PDC, somos os executivos, e nós estamos trazendo dois festivais de renome nacional para o município. Bem diferente do Prato da Casa, vamos trazer o de Bar em Bar e o Brasil Sabor (maior festival de gastronomia da América Latina, competem mais de sete mil bares, vamos envolver alguns bares aqui de Divinópolis neste festival. O Brasil Sabor consiste em criar um prato gourmet e, por exemplo, lá de São Paulo, a pessoa poderá saber qual o prato os bares de Divinópolis estão oferecendo”, completa Gustavo.
O de Bar em Bar segue no mesmo formato do Brasil Sabor, com a diferença de ser um festival mineiro, já é realizado em Belo Horizonte, Sete Lagoas, Juiz de Fora. Não haverá festa de encerramento para este evento e corpo de jurados, será uma exposição de pratos, com preços mais acessíveis para fomentar a gastronomia, principalmente em tempos atuais de crise.

© 2009-2016. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.