segunda-feira, 24 de Junho de 2013 05:51h Luiz Felipe Enes

AMG - 345: Placas de sinalização estão encobertas pelo mato alto

Moradores e usuários da AMG – 345, estrada que liga Divinópolis / Carmo do Cajuru ao Lago das Roseiras reclamam do mato tapando as placas de sinalização do local. Praticamente invisíveis, as placas de sinalização estão sendo tapadas pelo mato alto às be

Moradores e usuários da AMG – 345, estrada que liga Divinópolis / Carmo do Cajuru ao Lago das Roseiras reclamam do mato tapando as placas de sinalização do local.

Praticamente invisíveis, as placas de sinalização estão sendo tapadas pelo mato alto às beiras das estradas que faz a ligação entre o bairro Chácaras BH (Ferrador) e o Lago das Roseiras, onde fica a Barragem de Cajuru.

A reivindicação dos moradores da região em prol de melhorias já é antiga. Há tempos já reclamavam pelo desenvolvimento e melhor tráfego pelo local. A pavimentação da via já ocorreu, o que trouxe melhorias para a região, entretanto, o problema do mato alto ainda é motivo de indignação aos frequentadores da via.

A preocupação com a região se tornou resistente. Atualmente, a região da Vila das Roseiras, possui um conselho comunitário, referente por obter a voz e representar a população da região.  A comunidade residente no Lago das Roseiras e na Barragem tem obtido bons resultados com o conselho comunitário. Existente na região há 20 anos, trabalha de forma sustentável, visando manter um local sempre adequado a práticas esportivas e também ao lazer, pois Divinópolis possui poucos locais destinados a esse fim, e em dias de calor intenso, muitos se deslocam pra lá.

Várias placas totalmente encobertas pelo mato simboliza riscos para os motoristas. Algumas que indicam sobre a presença de redutores de velocidade (quebra-molas) são as mais prejudicadas. Alguns motoristas, em alta velocidade, não percebem a presença das placas e passam com certa velocidade sobre os redutores. Isso representa não só risco ao motorista, assim como para os outros freqüentadores da via. Além disso, outras placas sinalizadoras também estão assim, como as indicativas de velocidade máxima.

A responsabilidade da via cabe à prefeitura municipal, pelo fato de a estrada ser municipal. Como atualmente existe uma alta demanda nos atendimentos referentes à manutenção das vias urbanas, a secretaria municipal de Operações Urbanas e Defesa Social (Semoudes) atende com certa agilidade, a outras demandas existentes pela cidade. No entanto, a região não deixará de ser atendida, em breve, já existe a previsão de se deslocar uma equipe para efetuar a capina em volta das placas, assim, aumentando a visibilidade para os motoristas da região.


Foto: Estrada para Lago das Roseiras - Luiz Felipe (2)
Legenda: A maioria das placas presentes na via está assim: cercadas pelo mato alto.
Crédito: Luiz Felipe Enes


Chamada:

Mato encobre placas de sinalização na AMG - 345


Foto: Estrada para Lago das Roseiras - Luiz Felipe (9)
Crédito: Luiz Felipe Enes

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.